Conecte-se conosco

Atualidade

Fábricas de calçados de Nova Serrana são suspeitas de sonegar R$ 10 milhões

Avatar

Publicados

em

Três empresas do setor calçadista em Nova Serrana, Região Centro-Oeste de Minas, foram alvo nesta quarta-feira, dia 03 de abril, foram alvo de uma operação da Receita Estadual batizada como “Operação Desequilíbrio”.

Segundo informado a operação da Receita Estadual apura um esquema de fraude e sonegação fiscal que gerou prejuízo de R$ 10 milhões aos cofres estaduais.

De acordo com a Receita, o objetivo da ação é de além de combater a sonegação fiscal, impedir a continuidade da concorrência desleal que era promovida pelas empresas por causa da fraude.

Com o apoio da Polícia Militar, foram cumpridas buscas administrativas nos estabelecimentos no município, contudo não foram confirmados pelos responsáveis da operação os nomes das empresas investigadas.

O governo informou que levantamentos dos auditores-fiscais da Receita constataram a incompatibilidade entre o volume de entrada de matérias-primas e a produção de calçados oficialmente registrada pelos três estabelecimentos. “Descartada a possibilidade de estocagem dos insumos e comprovada a inconsistência do volume de saída das mercadorias, as empresas passaram a ser monitoradas para se descobrir detalhes das irregularidades cometidas”, informa.

Multa

Segundo o superintendente regional da Fazenda em Divinópolis, Eduardo da Silva Mendonça, se comprovada a fraude, as empresas perdem direito a usufruir de regimes especiais fiscais do estado. Caso não paguem o valor devido, os responsáveis podem ser presos.

Ainda de acordo com o superintendente, se for comprovada a sonegação, as empresas terão de pagar de 40% a 50% de multa sobre o valor devido.

Mendonça afirmou que os nomes das empresas não podem ser revelados porque o caso ainda está em investigação. De acordo com ele, são estabelecimentos de porte médio.  “Com o material apreendido os auditores continuam trabalhando para apurar as irregularidades, fazer o auto de infração e instruir as ações cabíveis”, disse.

De acordo com o governo, Nova Serrana tem 1,2 mil empresas do setor calçadista em atividade e a produção anual é de 105 milhões de pares.

Fonte: Jornal Estado de Minas

Publicidade

Clique Aqui

Mais lidas