Conecte-se conosco

Colunistas

Propostas dos presidenciáveis

Luciano Augusto

Publicados

em

Observando as propostas dos candidatos ao cargo mais importante da nação, através do sistema divulgacandi – TSE, faremos uma breve leitura de alguns pontos dos candidatos a começar pelo PSL, o candidato Jair Bolsonaro, em seu plano de governo destaco o seguinte trecho: “Propomos um governo decente, diferente de tudo aquilo que nos jogou em uma crise ética, moral e fiscal. Um governo sem toma lá-dá-cá, sem acordos espúrios. Um governo formado por pessoas que tenham compromisso com o Brasil e com os brasileiros. Que atenda aos anseios dos cidadãos e trabalhe pelo que realmente faz a diferença na vida de todos”, dentre as suas propostas me chamou atenção a seguinte: “Médicos de Estado: Será criada a carreira de Médico de Estado, para atender as áreas remotas e carentes do Brasil, dentre outras”.

Já o plano apresentado pelo PT do candidato Fernando Haddad, “Lula é uma ideia e agora um Plano de Governo. Sua liderança traduz-se hoje em uma ampla frente política e social, capaz de tirar o Brasil da encruzilhada histórica em que nos encontramos”.

Dentre as propostas apresentadas pelo candidato Haddad, destaco esse trecho ao qual diz que ”o acúmulo de privilégios inadequados demanda, como em todos os poderes da República, a salvaguarda dos princípios da moralidade e legalidade em ações concretas, como a proibição total de patrocínios empresariais a eventos das associações, instituições e carreiras do Sistema de Justiça; o fim do auxílio-moradia para magistrados, membros do Ministério Público e demais agentes públicos que possuam casa própria e residam no domicílio ou que usem imóvel funcional, bem como a regulamentação definitiva e segura da aplicação do teto ao funcionalismo público; a redução do período de férias de 60 para 30 dias para todas as carreiras que conservam esse privilégio; e a democratização da escolha dos órgãos diretivos do Poder Judiciário, dentre outras”.

O candidato Ciro Gomes PDT, inicia suas propostas salientando que: “esse não é o nosso Programa de Governo. São as diretrizes que vamos discutir com a sociedade. Elas serão discutidas e aperfeiçoadas com a participação de toda a sociedade brasileira e suas muitas instituições representativas ao longo da campanha eleitoral”. Destaco a proposta de Ciro, que é segundo suas diretrizes de campanha “A redução da taxa de juros, para estimular a retomada dos investimentos privados e aliviar a população e as empresas endividadas, é essencial. Para atingir esse objetivo, deverá ser realizada uma reforma monetária acompanhada de um conjunto de medidas que possibilite diminuir tanto a taxa de juros básica, definida pelo Banco Central, como aquela que é cobrada nos financiamentos a consumidores e empresas, dentre outras”.

A Candidata Marina Silva do partido – REDE, destaco a seguinte proposta: “Nossas metas incluem a ampliação da oferta de creches para crianças de 0 a 3 anos dos atuais 30% para 50% em todo o país e a universalização da educação infantil, na faixa etária de 4 a 5 anos, em cumprimento às metas do Plano Nacional de Educação (PNE). Nos comprometemos, ainda, apoiar os Estados e Municípios na implementação da Base Nacional Comum Curricular, dentre outras”.

Já o candidato Geraldo Alkmin a seguinte proposta: “Criar a Guarda Nacional como policia militar federal apta a atuar em todo o território nacional, Promover a reforma política e o voto distrital para reduzir o número de partidos e reaproximar o eleitor do seu representante, dentre outras”.

Enfim, trata-se de um pequeno trecho contendo algumas propostas procurei destacar aqui os principais concorrentes, utilizando o critério das últimas pesquisas eleitorais.

Todas as propostas, diretrizes podem ser encontradas no link abaixo no site do TSE.

http://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga/#/estados/2018/2022802018/BR/candidatos

LUCIANO AUGUSTO O. LOPES é bacharel em Direito pela Sociedade Dom Bosco de educação e cultura - Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis - Divinópolis (2012). Advogado inscrito na Seccional OAB Minas Gerais, desde 2015, com ênfase em Direito Público, atuando nas áreas do Direito Eleitoral, Administrativo. Atua como Consultor Jurídico do IPGC (Instituto de Planejamento e Gestão de Cidades). Possui diversos cursos voltados para o Marketing Político Eleitoral, tem experiência em campanhas políticas e na gestão de projetos políticos.Há habilidade em comunicação tendo atuado na função de radialista/jornalista

Continue Lendo
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas