Conecte-se conosco

Educação

Prefeitura de Nova serrana aplica programa federal para fortalecer processo de alfabetização

Publicados

em

Mais de 2.450 crianças serão atendidas com o programa de intensificação de alfabetização nas escolas municipais de Nova Serrana

A prefeitura de Nova Serrana, informou nesta quinta-feira dia 24 de maio, que já está em fase de implantação nas escolas municipais da cidade o programa federal “Mais Alfabetização”.

Segundo informado pela atual administração o objetivo da implantação do programa é de fortalecer o processo de alfabetização nas turmas do 1º e 2º ano do ensino fundamental, o que acarretará um impacto quanto a qualidade do ensino promovido no municípios nos anos subsequentes.

 Mais de 2.400 alunos serão beneficiados

A implantação do projeto trará um benefício direto para um total, 2.468 alunos atendidos. No todo o projeto será desenvolvido em 22 escolas que atendem o ensino fundamental.

Para que o programa seja desenvolvido, os professores regentes contam com o apoio de um assistente de alfabetização para o desenvolvimento de atividades pedagógicas, estes  assistentes, serão contratados diretamente pelos recursos encaminhados as escolas através do programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE).

 Mais Alfabetização

Em todo o país uma série de ações está sendo desenvolvidas baseadas em um preocupante cenário revelado pelos resultados da Avaliação Nacional de Alfabetização (ANA) de 2016, divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) no final de 2017.

Segundo os estudos da ANA, os níveis de alfabetização das crianças brasileiras em 2016 são praticamente os mesmos que em 2014, isso indica que o país não obteve crescimento quanto ao índice educacional e redução quanto as taxas de analfabetismo.

Os resultados revelaram ainda que 54,73% dos estudantes acima dos 8 anos, faixa etária de 90% dos avaliados, permanecem em níveis insuficientes de leitura.

Quando avaliados, o desempenho dos estudantes do terceiro ano do ensino fundamental matriculados nas escolas públicas permaneceu estatisticamente estagnado na avaliação durante esse período.

Foram ainda revelados pelos resultados que parte considerável dos estudantes, mesmo tendo passado por três anos de escolarização, apresentam níveis de proficiência insuficientes para a idade.

O programa Mais Alfabetização foi então desenvolvido como  parte de uma série de ações que respondem as perspectivas educacionais relacionadas a alfabetização e desenvolvimento educacional das crianças brasileiras nos primeiros anos acadêmicos.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas