Conecte-se conosco

Administração

Prefeito reúne secretários e técnicos da UFSC para tratar sobre Cronograma do Georreferenciamento

Avatar

Publicados

em

Foi realizado na última quarta-feira, dia 20 de fevereiro, no Centro Administrativo de Nova Serrana, uma reunião com os coordenadores técnicos do projeto de Georreferenciamento que está em desenvolvimento no município.

Na ocasião, foram apresentados aos participantes o planejamento executivo elaborado na UFSC com as equipes que compõem o projeto, a fim de alinhar com os diversos setores da prefeitura ligados a este processo, o cronograma de trabalho que se estenderá pelos próximos 30 meses.

Estiveram presentes o coordenador geral do projeto e integrante o corpo docente do Departamento de Geociências/CFH da UFSC, professor. Carlos Antonio Oliveira Vieira, a professora de Engenharia Civil e especialista em Cadastro Territorial Multifinalitário, Liane Ramos, o professor do departamento de arquitetura e coordenador do Plano de Mobilidade e Plano Diretor, Samuel dos Santos, o Engenheiro Cartógrafo, Francisco de Oliveira, o professor e pesquisador do observatório de mobilidade urbana da UFSC Werner Kraus Junior e o membro da equipe de apoio, Cássio Geraldo.

Participaram também do encontro o prefeito Euzebio Lago, além de secretários municipais e representantes de setores com ligação direta ao processo de desenvolvimento do, Cadastro Territorial Multifinalitário (CTM), Plano Diretor (PD) e Plano de Mobilidade Urbana (PMU).

De acordo com o professor Carlos Vieira, é inconcebível a um gestor público não conhecer seu território e nem ter as diretrizes para gerenciar o crescimento do município. “As ferramentas que implantaremos aqui, como o Cadastro Multifinalitário, promoverá uma maior organização da base cadastral bem como a justiça tributária, ou seja, quem tem mais paga mais e quem tem menos paga menos. Em relação ao plano Diretor e ao Plano de Mobilidade, eles darão suporte para as tomadas de decisão de acordo com as prioridades que a população e o governo quer para a cidade”.

Para o prefeito Euzebio Lago, o Georreferenciamento será uma ferramenta de grande importância para as futuras políticas de mobilidade urbana que serão implantadas em Nova Serrana.

“Nosso governo municipal está colocando Nova Serrana no Século XXI, através do georreferenciamento. Como cobrar eficiência e planejamento na gestão pública municipal se falta informações técnicas, dados seguros e ferramentas precisas? Avançaremos como nunca antes na elaboração de políticas e projetos de infraestrutura urbana, educação, saúde, meio ambiente. Até nosso trânsito será impactado positivamente por esse processo. Estamos investindo em alta tecnologia e experiência acadêmica para vencer esses desafios e transformar Nova Serrana em cidade referência, não só na produção de calçados, mas também em organização, mobilidade e eficiência na gestão pública”.

Georreferenciamento

A implantação e desenvolvimento do CTM, PD e PMU está sendo desenvolvido no município em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

 

Trata-se de importantes ferramentas que ajudarão no desenvolvimento urbano da cidade e no aperfeiçoamento das políticas de infraestrutura, educação saúde, meio ambiente e cidadania.

Além disso, o Georreferenciamento contribuirá para melhorar e promover a eficiência no planejamento e na gestão pública municipal, impactando positivamente todas as regiões da cidade e seus munícipes.

Saiba mais sobre o projeto de Georreferenciamento em Nova Serrana: (CLIQUE AQUI)

Mais lidas