Conecte-se conosco

Educação

Prefeito de Divinópolis veta retorno das aulas em escolas públicas municipais

Avatar

Publicados

em

Veto no entanto não atinge as escolas particulares, que podem retornar no dia 05 de outubro, caso cumpram todos os protocolos de segurança aprovados pela Vigilância Sanitária

Em Divinópolis as aulas presenciais na rede pública de ensino não serão retomadas na próxima semana, isso porque o prefeito Galileu Machado, vetou o retorno  nas escolas da rede municipal de ensino, previsto para o dia 05 de outubro.
A ação do chefe do executivo de Divinópolis se deu após a realização de reunião com as secretarias de saúde e educação, onde foi avaliado o real quadro e condições das instituições, frente aos protocolos do Governo do Estado e da Vigilância Sanitária.
LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE DIVINÓPOLIS AQUI NO JORNAL O POPULAR
“A secretaria de educação, em parceria com com a Vigilância Sanitária, vai adequar as unidades de ensino ao protocolo de segurança. Quando for seguro, o retorno para os alunos, professores e comunidade escolar, vamos divulgar as datas. As escolas particulares continuam com a data prevista para 05 de outubro, desde que a Vigilância Sanitária aprove o protocolo individual de cada unidade”, disse Galileu.

Segundo Vera Prado, secretária  Municipal de Educação todos os protocolos já foram apresentados a Vigilância Sanitária, agora é aguardado a analise.

“Temos que ter um tempo para nos adequar. Estamos providenciando todas as situações possíveis, para ajudar cada escola, mas ainda não temos data definida, para a rede municipal. Daqui para frente, estaremos trabalhando a fim de adequar, de dar a segurança para os pais que quiserem mandar, pois é a opção deles, pois eles podem determinar se os filhos irão ou não retomar ao ensino presencial”, declarou Vera.

Atividades remotas seguem em andamento

Enquanto as aulas presenciais não retornam, a Secretaria Municipal de Educação dará continuidade as atividades remotas. Foi também pontuado que s kits de alimentação, compostos de bens não perecíveis e da agricultura familiar, já estão providenciados para os 12.5 mil alunos da rede municipal. Os pais poderão verificar a disponibilidade com os diretores, desde que haja os devidos cuidados, nesta pandemia.

“Se a escola estiver pronta, desde todas da rede estejam, vamos definir uma data posterior (…) Agora não tem nenhuma data, conforme coloquei isso no Conselho Municipal de Educação (Comed) e para os nossos diretores. Só quando todo mundo estiver com muita segurança e responsabilidade e que cada escola estiver apta, podemos definir o retorno”, finalizou a secretária de educação.

Fonte: Com informações Portal Gerais

Foto: Imagem Ilustrativa Web

Mais lidas