Conecte-se conosco

Corpo de Bombeiros

Por telefone, Bombeiro de Nova Serrana orienta pai em Bom Despacho e salva vida de bebê recém nascido que estava engasgado

Avatar

Publicados

em

Os heróis nem sempre usam capas, muitas vezes eles usam fardas e até mesmo salvam vidas por telefone. Na última quarta-feira, 02 de setembro, um exemplo claro dessa narrativa foi presenciado no Centro-Oeste, quanto um Bombeiro de Nova Serrana, por telefone, orientou e saltou a vida de um Bebê que estava engasgado na cidade de Bom Despacho.

De acordo com as informações apuradas, o Bebê de apenas 22 dias estava engasgado e devido as orientações do Bombeiro Militar pelo telefone, foram realizadas as manobras que desobstruíram a vias respiratórias da criança.

Segundo informado pelo setor de comunicação do Corpo de Bombeiros Militar (CBMMG), por volta das 14h20, na sala de operações da unidade em Nova Serrana, foi recebido uma ligação de Bom Despacho, na qual relatava que uma bebê de aproximadamente 22 dias, estava com as vias respiratórias obstruídas, em incidente que ocorreu enquanto sua mãe a amamentava.

Conforme repassado na chamada, no momento da ligação a bebe apresentava a boca com uma coloração roxa e incapacidade de chorar ou tossir.

Por sua vez, diante da urgência do fato, o militar cabo Wando William, que atendeu o telefone 193 orientou, ainda por telefone  ao solicitante que realizasse as de desobstrução respiratória, conforme o manual de atendimento da corporação.

Ainda por telefone, foi pedido ao pai que executasse as manobras ate que a vítima manifestasse choro ou voltasse a respirar e segundo repassado, logo no início da realização das manobras repassadas pelo socorrista, foi perceptível que o socorro surtiu efeito sendo possível ouvir o choro do bebe.

Em seguida, o Bombeiro Militar que realizou o atendimento fez contato telefônico com a central do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), para que fosse enviada uma ambulância até o local, tendo em vista  que os militares do CBMMG de Bom Despacho estavam em outra ocorrência.

Ainda segundo informado, enquanto era aguardada a chegada da ambulância no endereço informado, o bombeiro Militar que realizou o atendimento por telefone permaneceu com o solicitante ao celular para que fosse possível monitorar o quadro clinico da vitima ate que o socorro presencial chegasse ao local.

Diante do atendimento prestado, quando a ambulância do SAMU chegou ao local, o bebê que tinha recobrado sua respiração normal, foi encaminhado à unidade de saúde para monitoramento.

Mais lidas