Conecte-se conosco

Fatalidade

Policial se envolve em acidente durante perseguição e morre no sul de Minas

Israel Silveira

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Giancarlo Assis Ribeiro estava em uma viatura que capotou em São Sebastião do Paraíso; o militar chegou a ser encaminhado para a Santa Casa da cidade

O soldado da Polícia Militar Giancarlo Assis Ribeiro, de 31 anos, se envolveu em acidente durante uma perseguição, em São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas Gerais, e morreu na noite de sábado (23/1). O militar estava em viatura, que capotou e foi socorrido para a Santa Casa da cidade.

A Polícia Militar informou que Giancarlo estava acompanhado do sargento Paulo Ricardo em um viatura. Eles perseguiam um adolescente em uma motocicleta, que não obedeceu a ordem de parada e fugiu pela Avenida Alfredo Campolongo, no Bairro São Sebastião. De acordo com a Polícia Militar, eles perderam o controle da direção e o carro capotou. O caso aconteceu na sexta-feira (22/1).

Giancarlo era natural de Timóteo, no Vale do Aço(foto: Reprodução Internet)

Com o impacto, Giancarlo foi ejetado do veículo e sofreu graves fraturas. Os militares foram socorridos por equipes do SAMU e Corpo de Bombeiros. As vítimas foram levadas para a Santa Casa da cidade. Segundo a PM, os dois militares passaram por cirurgia, mas o quadro de Giancarlo se agravou e a morte foi confirmada na noite de sábado (23/1). Já Paulo Ricardo segue internado e estável.

“Isso é para os pais que deixam moleque sem carteira andar de moto, olhar a dor que causou a uma família”, lamentou moradora nas redes sociais.

O soldado Giancarlo era natural de Timóteo, no Vale do Aço. O corpo foi velado na cidade e foi enterrado na tarde deste domingo (24/1). A Polícia Militar em Minas Gerais publicou nota de pesar nas redes sociais. “O militar faleceu no cumprimento de seu dever”, diz nota.

Mais lidas