Conecte-se conosco

Agropecuária

PM recupera cabeças de gado furtadas no Centro Oeste Mineiro

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Na tarde da última terça-feira, dia 12 de novembro, a Policia Militar (PM), por meio da Patrulha rural, recuperou cerca de 16 cabeças de gado roubadas. Os animais estavam em uma fazenda próxima do Distrito de Antunes, município de Igaratinga.

Segundo informado, na última segunda-feira, dia 11, militares foram até uma fazenda na zona rural de Igaratinga averiguar denúncias de que havia gado de procedência duvidosa.

No local pelo menos um animal foi reconhecido por um sitiante de 38 anos, como furtado de sua propriedade no povoado de Catumba, em Pará de Minas. Na ocasião, foi preso o proprietário da fazenda, de 32 anos, o qual foi encaminhado à delegacia.

De acordo com a PM, o suspeito não conseguiu comprovar a origem de outros quarenta e sete animais bovinos e alguns bezerros que também estavam na fazenda.

Já na tarde de terça-feira, dia 12, a mesma equipe da Patrulha Rural retornou à mesma propriedade, com um pecuarista de 69 anos, o qual reconheceu 10 animais que estavam na fazenda, como furtados de seu sítio em Araújos-MG.

Em outra fazenda próxima, alugada por um homem de 39 anos, suspeito de estar envolvido nas negociações do gado furtado, o mesmo homem de 69 anos reconheceu outros 04 animais bovinos, como também furtados de sua propriedade em Araújos.

Na mesma fazenda, o sitiante citado anteriormente, de 38 anos, do povoado de Catumba, também reconheceu outro bovino como furtado de sua propriedade.

De acordo com as informações da PM, o gado continuou retido nas citadas fazendas, ficando seus moradores na condição de depositários fiéis, até destinação final pela Polícia Civil.

Na ação um homem de 32 anos, foi detido pela Polícia Militar e foi encaminhado para a  Penitenciária Pio Canedo. Conforme informado pela PM o suspeito alegou que havia comprado o gado de um homem de 39 anos e de seu comparsa, de 33 anos, ambos moradores de Igaratinga, os quais já foram identificados.

A Polícia continua com o rastreamento para identificar o restante do gado e para localizar os dois demais suspeitos. Quaisquer informações podem ser repassadas de forma anônima pelo disque denuncia unificado 181 ou pelo telefone 190.

Mais lidas