Conecte-se conosco

Governo Estadual

Parceria entre o Governo de Minas e a Embaixada Americana vai capacitar mulheres vítimas de violência doméstica

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

O governador Romeu Zema participou na última segunda-feira, 08 de março, Dia Internacional da Mulher, do lançamento do programa “TransformAction”, uma parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) com a Embaixada Americana para a capacitação profissional de 100 mulheres que foram vítimas de violência doméstica. A embaixada é a financiadora do projeto.

A ideia é oferecer a essas mulheres uma nova profissão que possibilite geração de renda e contribua para o rompimento do ciclo de violência, já que um dos motivos para o não-encerramento dos relacionamentos abusivos e violentos é a dependência financeira do parceiro.

De acordo com o governador, infelizmente o cenário de violência contra as mulheres se agravou com a pandemia em várias regiões do país. “Mas ações como essa vão contribuir para que consigamos caminhar na redução deste tipo de crime”, afirmou. Para Zema, a iniciativa fortalece ainda mais a área de Segurança Pública mineira, já reconhecida no Brasil pela queda da criminalidade.

Transformação

Cônsul dos Estados Unidos em Belo Horizonte, Katherine Earhart Ordoñez comemorou o fato de ser lançada, na data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, uma parceria sem precedentes com o Governo de Minas. E que leva um nome muito apropriado: “Transformação”.

“É um projeto que realmente vai transformar a vida de 100 mulheres residentes na Região Metropolitana de Belo Horizonte”, disse.

Serão disponibilizados quatro cursos profissionalizantes ministrados pela Associação Mineira de Educação Continuada (Asmec) com carga horária de 30 horas. São eles: assistência administrativa, culinária, maquiagem e cabelereira. A capacitação busca preparar as mulheres para o mercado de trabalho, a fim de auxiliá-las no desenvolvimento profissional.

Além da qualificação, as mulheres também participarão de aulas de disciplinas humanas, que buscam incentivar o autoconhecimento, a autoestima e ainda informá-las sobre seus direitos. Elas também farão um curso sobre Educação Financeira, para melhor administração do dinheiro.

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Rogério Greco, ressaltou, durante o lançamento, que se o projeto existisse há 50 anos, o Brasil poderia estar diante de outra realidade. “É um privilégio participar do lançamento dessa iniciativa”, disse.

Comunidades atendidas

Ainda durante o lançamento do programa TransformAction, a moradora do Jardim Leblon, Raquel Maria da Silva, recebeu do governador e da cônsul um kit básico de materiais para a capacitação profissional.

As 100 vítimas de violência doméstica atendidas pelas unidades de prevenção são das seguintes comunidades de BH: Serra, Santa Lúcia, Cabana, Morro das Pedras, Pedreira Padro Lopes, Taquaril, Jardim Felicidade, Ribeiro de Abreu, Jardim Leblon, Vila Cemig e Vila Pinho.

FOTO/FONTE: GIL LEONARDI/AGÊNCIA MINAS

Mais lidas