Conecte-se conosco

Nova Serrana

Nova Serrana registra alta de 93% nas exportações de calçados em 2021

Publicados

em

A exportação de calçados em Nova Serrana registra uma alta superior a 90% entre os meses de janeiro e setembro, segundo os dados do Sindicato da Indústria Calçadista de Nova Serrana (Sindinova).


De acordo com o sindicato, a capital do calçado gerou um montante de $14 milhões com as vendas internacionais, o que comparado ao mesmo período de 2020, significa uma alta é de 93,7%.

O levantamento do Sindinova, realizado juntamente Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), juntas as cidades de Nova Serrana, Araújos, Divinópolis, Perdigão e São Gonçalo do Pará geraram pouco mais de $16 milhões em exportações com a venda de calçados.

De acordo com Ronaldo Lacerda, presidente do Sindinova, a perspectiva do setor é que o ano de 2021 termine com alta de 100% quanto as exportações registradas no último ano.

“Eu arrisco dizer que, este ano, as nossas exportações irão dobrar em relação a 2020. É uma convergência de fatores, tanto as empresas estão se preparando buscando isso, como o mercado, os outros países, estão buscando o Brasil para a importação. Porém, o Brasil não cresceu 88% em relação à exportação do ano passado, o nosso Polo cresceu. E este crescimento é em dólar”, apontou.

Conforme divulgado pelo Portal Gerais, dentre os nove meses analisados (em separado), maio e junho foram os que tiveram maior destaque com variações de 301,8% e 352,7%, respectivamente. Outro dado interessante é que os calçados fabricados com material têxtil foram os mais vendidos, com faturamento de $11.177.153,00, seguido por plástico/borracha ($3.892.975,00) e couro ($664.616,00).

Fonte: Com informações do Portal Gerais

Mais lidas