Conecte-se conosco

Cidade

Nova Serrana recebe medicamentos para kit intubação

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Minas Gerais recebe e distribui para 20 municípios mais de 133 mil unidades de medicamentos para kit intubação

O município de Nova Serrana, recebeu no último sábado, dia 17 de abril, medicamentos para procedimento de intubação de pacientes com Covid-19.


Segundo apurado, os insumos encaminhados para o município de Nova Serrana fazem parte de uma remessa recebida pelo governo de Minas Gerais,  recebeu  no último sábado (17), que são distribuídos para atender, de forma emergencial, 20 hospitais que se encontram em níveis considerados críticos.

Segundo informado pelo Governo de Minas, o Hospital São José em Nova Serrana está entre as unidades contempladas com os medicamentos, sendo destinadas para a cidade 100 unidades de Besilato de Cisatracúrio e 1800 de Miadzolam.

O recebimento dos medicamentos foi confirmado pela secretária Municipal de Saúde, Glaucia Sbampato.

Vale ressaltar que de toda a Macrorregião Oeste, Nova Serrana é a unica cidade a ser contemplada com os medicamentos.

 De acordo com o Governo de Minas, serão ao todo distribuídos 133.215 unidades de fármacos  compostas por midazolam, propofol e besilato de cisatracúrio, itens essenciais à sedação dos pacientes.

A medida contempla instituições com estoques suficientes para três dias ou menos de cobertura.

Parte dos medicamentos foi enviada pelo Ministério da Saúde (108.215 unidades) e também houve a aquisição, pelo Estado, de 25 mil unidades de midazolam.

Estoque

A SES-MG ressalta que o estoque de sedativos utilizados na intubação do paciente de Covid-19 encontra-se em nível não recomendável para o enfrentamento da pandemia, mesmo com a chegada destes insumos. As unidades hospitalares, que antes trabalhavam com estoque de 60 dias ou mais, enfrentam dificuldades no abastecimento.

Para fazer frente a este cenário, Minas Gerais conta com a rede solidária da Saúde Pública, que permite o remanejamento de insumos entre as instituições que observam aumento no consumo destes medicamentos. O objetivo é atender os hospitais mais necessitados e com estoque mais baixos, a partir de unidades que detenham estoques mais estáveis, garantindo, de modo emergencial, a adequada assistência aos pacientes.

Confira a relação de medicamentos:

Midazolam – 70.650

Propofol – 19.865

Besilato de cisatracúrio – 17.700

Midazolam – 25.000 (compra pelo Estado)

Total: 133.215

Fonte: Com informações Agência Minas

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas