Conecte-se conosco

Infra-estrutura

Nova Maternidade do Hospital São José é inaugurada com expectativa de realizar 200 partos em dezembro

Avatar

Publicados

em

O Novo Hospital São José (NHSJ) está em plena fase de ampliação e a maternidade, que por muitos anos foi o carro chefe do hospital, acaba de ter uma nova ala construída e inaugurada, preparando o hospital para um aumento significativo do número de partos que devem ocorrer ainda em 2020.

A nova ala é completamente independente de setores do hospital que podem ter pacientes com coronavírus.

Com quatro leitos completamente isolados e com privacidade, cadeiras de espera para gestantes que estão dando entrada na unidade, banheiro com área para banho e até mesmo equipamentos para parto humanizado, o novo setor foi inaugurado com a perspectiva de melhorar a qualidade do serviço ofertado pelo NHSJ.

LEIA MAIS NOTÍCIAS SOBRE NOVA SERRANA AQUI NO JORNAL O POPULAR

A nova ala também é diretamente ligada a sala de cirurgia e segundo informado pela direção do NHSJ “a nova maternidade foi feita para tirar as grávidas da proximidade da área de covid-19, e também possibilitar melhores condições para o desenvolvimento do projeto de partos humanizados que vem sendo feito na unidade”.

Ainda segundo informado pela direção do NHSJ, “são 04 leitos separados, consultório geriátrico, cadeiras em área de observação para realizar a soroterapia, o que viabiliza que todo o pré-parto possa ser feito no ambiente”.

Parto Humanizado

Além das melhorias na estrutura, um trabalho que tem feito a diferença na maternidade do NHSJ é o projeto de parto humanizado. A instituição, por meio de um projeto desenvolvido pela coordenação e equipe da maternidade, tem dado resultados positivos, humanizando o atendimento e promovendo o respeito e o cuidado com a gestante e os bebês.

Segundo o enfermeiro coordenador da maternidade, Fabrício Moraes, a nova maternidade e o programa de humanização do parto desenvolvido no no NHSJ “permite mudar a atenção obstétrica, o trabalho de humanização do parto tem sido realizado com apoio da administração que tem dado carta branca na estruturação da nova maternidade”.

Atualmente a maternidade conta com uma equipe de  quatro enfermeiros obstetras, 16 técnicos de enfermagem, 01 enfermeiro generalista e 05 obstetras que realizam por mês aproximadamente  120 partos por mês, com a demanda já prevista de realizar no mês de dezembro 200 partos.

Com tal demanda, Fabrício ressalta que a nova maternidade tem desenvolvido um trabalho que vai além da estrutura física. “Não são equipamentos, nem estrutura e sim responsabilidade e

acolhimento. Temos qualificado as equipes e conseguimos ter essa relação desde a recepção até os profissionais que realizam o parto. Qualificando toda a equipe conseguimos transformar a visão de atendimento respeitando a mulher”. disse o coordenador da maternidade.

Já a médica Luíza Bragança, horizontal da maternidade, salientou que as mudanças tem possibilitado que o NSHJ adeque as necessidades que a partoriente tem no parto normal. “O Hospital veio para o século XXI. As gestantes tem espaço próprio, banheiro amplo, uma equipe treinada para gerar o melhor atendimento”. finalizou Dra. Luíza.

Investimento

Segundo a direção do NHSJ, para a inauguração da nova ala foram investidos cerca de R$ 30 mil, isso ocorreu porque a instituição recebeu doações para a maternidade e ja contava com uma estrutura como as camas e outros equipamentos que continuariam sendo utilizadas na maternidade anterior.

Ainda segundo a direção do NHSJ, outros projetos estão sendo preparados como o de instalação de energia fotovoltaica em um investimento de aproximadamente R$ 750 mil que vai tornar o hospital ainda mais sustentável.

Outra ação que a direção adiantou que vem sendo estruturada é a da montagem e certificação de um Centro de Terapia Intensiva (CTI) Adulto no NHSJ. Segundo a direção “passando a pandemia vamos montar o CTI adulto, já estamos viabilizando a autorização junto a regional de saúde”. finalizou.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mais lidas