Conecte-se conosco

Saúde

Mulher alegando não saber estar grávida, dá à luz em banheiro da UPA de Nova Serrana

Publicados

em

Nesta terça-feira, dia 17 de julho, uma mulher de 21 anos, teve um parto improvisado em pleno banheiro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Serrana.

A notícia que veio a público por postagens em redes sociais (afirmando que houve descaso com a paciente na unidade) foi confirmada pela secretária Municipal de Saúde, Gláucia Sbampato, contudo foi ponderado que não houve negligência no caso.

Mesmo com a gravidade do assunto Gláucia informou a reportagem deste Popular que a paciente em questão deu entrada na unidade pela manhã e ao ser atendida se negava a fazer exames de gravidez afirmando que não exista a possibilidade de estar grávida.

“A paciente chegou a UPA por volta das 10 horas, a médica suspeitou que ela estivesse grávida e ela se negou quanto a possibilidade, a médica ainda assim solicitou exames para confirmar a gravidez mas a paciente preferiu ir embora”, conta a secretaria.

Segundo Sbampato a paciente então saiu da unidade, em busca de um moto táxi para ir para casa, contudo voltou alguns minutos depois e foi direto para o banheiro onde estava em processo de parto e somente do banheiro acionou a equipe médica.

“Após ela ter voltado e ido ao banheiro e ter iniciado o processo de parto, toda a equipe se mobilizou e prestou os serviços cabíveis na Unidade de Pronto Atendimento, dando todo suporte a gestante”, disse a secretária.

Segundo apurado a paciente afirmou que seu ciclo menstrual estava em dia e que não sabia que estava grávida. O relato segundo informado a esse Popular, também foi confirmado pelo marido que como a paciente não suspeitava da gravidez.

Por fim a Gláucia lembra ainda que a unidade adequada para o parto seria o Hospital São José, e que a mãe de 21 anos e a criança estão bem.

“Após iniciado o parto todo o corpo clinico se mobilizou, prestamos o atendimento, encaminhamos a mãe e a bebe para o Hospital São José, ambas passam bem, o que estava em nossa possibilidade de assistência foi feito dentro do que precisava ser feito e tudo está relatado no prontuário da paciente”, finalizou a secretária Municipal de Saúde, Glàucia Sbampato.

 

Postagem rede social

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas