Conecte-se conosco

Minas

Minas Gerais fica em segundo lugar em ranking da Transparência Internacional

Publicados

em

O governo de Minas Gerais ficou em segundo lugar no Índice de Transparência e Governança Pública (ITGP), estudo elaborado pela Transparência Internacional e divulgado nesta semana.  As informações são da Rádio Itatiaia.


O estado alcançou uma nota de 90 pontos e ficou atrás apenas do Espírito Santo, que recebeu nota de 90,6. Em terceiro lugar ficou o estado do Paraná (89 pontos), seguido de Rondônia (85,2 pontos) e Goiás (83 pontos). Os cinco estados foram os únicos do país que receberam notas acima de 80 pontos, considerados como desempenho ‘ótimo’.

“O estado de Minas Gerais cumpriu a maioria dos requisitos exigidos pela avaliação e atingiu um desempenho considerado ‘ótimo’, apresentando boa parte dos dados, informações e legislações essenciais para a promoção da integridade e transparência. No entanto, o estado ainda pode aprimorar seu desempenho, por exemplo, fornecendo dados detalhados sobre emendas parlamentares estaduais, informações sobre a contratação e execução de obras públicas, além de detalhes sobre concessões de crédito a empresas, assim como e seus impactos socioeconômico e ambiental e as contrapartidas para a sociedade.”, explica Vinicius Reis, pesquisador do Centro de Conhecimento Anticorrupção da Transparência Internacional.

Três estados brasileiros pontuaram menos de 40 no índice da Transparência Internacional e receberam a classificação “péssimo”: Sergipe, Pará e Acre. Outros sete estados ficaram com notas entre 40 e 60 pontos, recebendo a classificação “ruim”. E 12 estados receberam notas entre 60 e 80 pontos, recebendo a classificação sobre governança e transparência “bom”.

Mais lidas