Conecte-se conosco

Sem categoria

Homem é suspeito de matar os tios por atrito envolvendo terreno

Avatar

Publicados

em

A Polícia Civil vai investigar se uma briga em família pela divisão de um terreno, fruto de herança, pode ter sido a motivação para um duplo homicídio em Matozinhos, na região metropolitana de Belo Horizonte, no último domingo, 27 de setembro.

Segundo apurado, as vítimas são dois irmãos, que estariam em atrito com um sobrinho.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, denúncias anônimas davam conta de disparos na rua Joana  d’Arc, no bairro Florestal.

LEIA MAIS NOTÍCIAS POLICIAIS AQUI NO JORNAL O POPULAR

No local, um homem foi visto correndo sentido uma linha férrea. Dentro do Sandero estavam os corpos de Dércio Joaquim Diniz, de 47 anos, no banco do motorista, e Laurentino Basílio Diniz, de 59, no banco traseiro.

Próximo ao veículo foram encontradas 13 cápsulas deflagradas de pistola 9mm. Ao todo, a polícia conseguiu encontrar com os irmãos R$ 803 em notas e um saco de moedas.

Durante pesquisa no sistema informatizado da Polícia Militar, policiais conseguiram o número de telefone da companheira de Dércio. Ela contou do atrito em família, e que o marido também tinha uma dívida em que o mesmo sobrinho era credor.

Ainda conforme ela, o marido comprou uma 9mm para “resolver a situação que estava insuportável”.

Compra de munição

Ainda conforme a mulher, nesse domingo, o marido e Laurentino saíram de casa para a realização da compra de munições com o preço mais barato. O vendedor seria morador de Vespasiano, também na região metropolitana. A companheira de Dércio afirmou que trocou algumas mensagens com o marido falando das ameaças, e que ele não tinha nenhum contato em Matozinhos.

Dércio era motorista de aplicativo, e a última localização dele foi marcada na rua Campestre, em Vespasiano. Militares deslocaram até a via, mas, devido ao horário, não foi possível fazer levantamentos no local.

Nenhum suspeito do crime foi encontrado.

Fonte: Por Carolina Caetano – O Tempo

Mais lidas