Conecte-se conosco

Policial

Homem é preso por ameaçar mulheres e pedir dinheiro para não vazar ‘nudes’

Avatar

Publicados

em

Um homem de 32 anos foi preso suspeito de ameaçar expor fotos íntimas de oito mulheres em Montes Claros (MG). Segundo a Polícia Civil, ele conquistava as vítimas, que apresentam algum tipo de vulnerabilidade emocional, para, então, conseguir as imagens. As conversas eram iniciadas em redes sociais.

“São mulheres acima de 45 anos, bem resolvidas, com empregos de destaque. Quando elas não queriam mais manter o vínculo, ele chantageava, para ter vantagem financeira ou conseguir encontros sexuais. Em um dos casos, ele fez uma montagem e mandou para os familiares da vítima. Em outro, ameaçou colocar fogo no carro da mulher. Como ele era bancado pela maioria delas, o término, certa forma, o prejudicaria”, explica a delegada Karine Maia.

As investigações apontam de que o investigado mantinha vários relacionamentos ao mesmo tempo. Uma próxima vítima, segundo a delegada, possivelmente seria uma mulher de 48 anos. Na hora da prisão, inclusive, o homem se dirigia para a casa dela.

Em depoimento à polícia, o homem confessou grande parte dos fatos. No histórico do suspeito, que é de São João das Missões (MG), constam passagens por questões relativas à pensão alimentícia, sendo que já teve bens bloqueados. O G1 tenta localizar a defesa do homem.

“Nós temos as provas, as mensagens, que foram trocadas. Chama a atenção que ele não demonstra arrependimento, alega, inclusive, que precisava de dinheiro, por isso, agia assim. ‘Eu vou ser preso e pago fiança’, disse ele muito calmamente”, relata a delegada.

Karine Maia diz que as vítimas denunciaram o homem após serem coagidas. As quantias que o investigado pedia a elas eram variadas. Três mulheres que foram extorquidas não chegaram a entregar os valores pedidos por ele, ainda assim, o crime de extorsão fica caracterizado.

“As mulheres têm muita dificuldade de denunciar, muita vergonha, por causa da exposição. Neste caso, há vítimas casadas, recém-separadas, em crise com o casamento. São situações difíceis, e a Polícia Civil acredita que outras tenham sofrido algum tipo de situação com ele, por isso, estamos abertos a denúncias”, reforça.

O suspeito será encaminhado ao presídio de Bocaiuva (MG) e pode responder por vários crimes, incluindo exposição de fotos íntimas, extorsão, constrangimento e tentativa de estupro.

A Polícia Civil orienta em relação aos cuidados ao iniciar relacionamentos à distância, por meio de redes sociais e aplicativos.

“É preciso se atentar à exposição, com quem se conversa e, principalmente, com envio de ‘nudes’. O constrangimento pode ser muito grande”, destaca a delegada Karine Maia.

Fonte: Por Paula Alves – G1 Grande Minas / Foto: Imagem Ilustrativa

Mais lidas