Conecte-se conosco

Esportes

Galo supera erros e desgaste, e vence Tolima na estreia da Copa Libertadores

Publicados

em

Time alvinegro cedeu espaços aos colombianos, mas fez um gol em cada tempo e triunfou por 2 a 0, em Ibagué, onde nunca um time brasileiro havia vencido pela Libertadores


Não poderia ter sido uma estreia melhor. Fora de casa, num estádio onde nenhum brasileiro havia conseguido vencer pela Libertadores, ou sequer marcado gol, o Atlético foi a Ibagué e venceu o Tolima, por 2 a 0, e estreou com o pé direito na Copa Libertadores 2022.

O Galo superou o desgaste da viagem até o interior da Colômbia e da final mineira disputada contra o maior rival no final de semana. No final, voltará ao Brasil com os três importantes pontos com os gols de Nacho e Tchê Tchê.

O Atlético sofreu nos primeiros 15 minutos de partida. Nada que houvesse uma grande chance para os donos da casa, mas o time colombiano começou a partida na pressão, não deixando o Galo sair para o ataque.

Aos poucos, o time alvinegro foi entendendo a partida e passou a controlar a posse de bola. Mas errava muitos passes e quase levou o gol em uma saída errada. Rangel não conseguiu completar passe de Lucumí e mandou para fora.

Nos acréscimos, o Galo colocou a bola no chão e numa brilhante triangulação, Savarino fez o pivô e deixou Nacho livre para marcar o primeiro gol do Galo no jogo e na Libertadores 2022.

No segundo tempo, o Atlético deu espaços e levou mais perigos dos colombianos. Num deles, Everson fez uma defesa espetacular para mandar para escanteio.

Mas o Galo tem elenco, tem banco de reservas. Num escanteio, Tchê Tchê, que havia entrado na vaga de Dylan, completou cabeçada de Alonso para ampliar o placar e tranquilizar a situação.

Tolima 0 x 2 Atlético

Motivo: 1ª rodada do Grupo D da Copa Libertadores 2022

Local: estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué (Colômbia)

Gols: Nacho e Tchê Tchê (A)

Cartões amarelos: Juan Ríos, Caicedo (T)

Tolima

Domínguez; Marulanda, Moya, Caicedo e Hernández; Rovira, Juan Ríos (Ureña); Plata, Michale Rangel (Ramírez), Cataño (Orozco) e Lucumí (Ibarguén). Técnico: Hernán Torres

Atlético

Everson; Mariano, Godín, Junior Alonso e Arana; Allan, Jair (Otávio) e Nacho (Rubens); Dylan (Tchê Tchê), Hulk (Sasha) e Savarino (Ademir). Técnico: Turco Mohamed

Leia mais...

Mais lidas