Conecte-se conosco

Brasil

Empresário faz apelo para devolver R$ 1.600 depositados por engano em sua conta

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Um empresário do interior de Pernambuco lançou, na sexta, 12 de março, uma campanha para devolver R$ 1.600 depositados por engano em sua conta bancária. Dono de uma fábrica de tijolos, Djackson Danilo Monteiro, de 27 anos, fez um apelo: “Não quero ficar com esse dinheiro de jeito nenhum”.


Tudo começou quando Djackson Danilo consultou a conta bancária, nesta sexta, e se deparou com um depósito, feito por meio do PIX.

“Alguém pode estar precisando desse dinheiro para pagar uma conta e ou fazer uma compra. Por isso, decidi colocar a história no Instagram”, disse.

Além da produção de cerâmicas, em Carpina, na Zona da Mata Norte, ele é proprietário de uma arena de airsoft, em Feira Nova, na mesma região. É uma prática esportiva em que os participantes simulam batalhas militares.

Mesmo com muitos fornecedores, Djackson disse que não se lembra de ter previsão para receber esse dinheiro.

“Apareceu no meu extrato bancário. São R$ 1.600 e isso é muita coisa. Não estamos falando de R$ 15. Já tentei de tudo, mas não me lembrei de ter feito um negócio com esse valor ”, comentou.

O empresário afirmou que a pessoa que repassou o dinheiro de forma errada seria de uma empresa do setor de alimentos. Para ele, o problema pode ter acontecido quando foram digitar os números do PIX.

“Sei que isso é possível. Já aconteceu comigo. Errei um número e mandei dinheiro para outra pessoa. Graças a Deus, consegui recuperar”, contou.

No Instagram, o empresário disse que gostaria de compartilhar a história e encontrar a pessoa que fez o depósito de forma errada. “Por favor, quem for essa pessoa, entre em contato”, declarou.

Djackson disse que a pessoa que sentir falta do dinheiro ou descobrir a transferência errada deve usar as redes sociais.

“Se a pessoa apresentar o comprovante e a minha chave do PIX, mostrando que era o dono do dinheiro, devolvo na mesma hora”, afirmou.

Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Fonte: por G1 PE

Mais lidas