Conecte-se conosco

Governo Municipal

Em Nova Serrana Secretaria de Saúde realiza primeiro LIRAa de 2019

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

A prefeitura de Nova Serrana, informou nesta quainta-feira, dia 24 de janeiro que está realizando ao longo desta semana o primeiro Levantamento do Índice Rápido de Infestação do Aeds Aegypti (LIRAa) de 2019.

Segundo informado, os agentes estão visitando imóveis como residências, comércios, indústrias, construções e terrenos baldios para coletar amostras de água parada com foco do mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika vírus.

Os imóveis visitados são sorteados pelo Programa de Informações da Secretaria Estadual de Saúde e os agentes seguem rigorosamente a metodologia indicada pelo Ministério da Saúde.

Vale lembrar que os agentes continuam com as visitas em todos os imóveis do município levando orientações e informações quanto aos cuidados para evitar a proliferação do mosquito.

Dengue em 2018

O ano de 2018 terminou com um índice elevado de infestação em Nova Serrana. O último LIRAa apontou infestação de 4%, bem acima do indicado pelo Ministério da Saúde, que é de 1%.

Os casos notificados e confirmados de Dengue também cresceram. Em 2018, foram 786 casos notificados e 632 confirmados.

Os números colocam Nova Serrana em estado de alto risco e desperta o alerta das as autoridades.

Outro fator preocupante é que a maioria dos focos identificados foi encontrada no interior das residências visitadas; em vasos de plantas, ralinhos de banheiro, objetos jogados nos quintais, entre outros.

Os locais onde foi encontrado mais de 60% dos focos de acordo com o último LIRAa são tanques, obras, calhas, ralinhos, lajes e piscinas. Lixo, recipientes plásticos, latas, sucatas, bebedouro de animais e caixas d’águas completam a lista.

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas