Conecte-se conosco

Concursos

Candidatos a agente penitenciário pedem que governador inclua excedentes na próxima fase do concurso

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

O Governador de Minas Gerais, recebeu nesta semana uma carta enviada pelos candidatos aprovados, porém excedentes no processo seletivo para agentes penitenciários. No documento os aprovados solicitam que o governo do Estado retire a “cláusula de barreira” que impede a participação deles no restante do Curso.

A carta foi encaminhada pelos excedentes, nas etapas de prova objetiva, avaliação psicológica e Investigação Social, dentro do Processo Seletivo que tem estipulado em seu edital o número de 4000 candidatos aprovados para serem encaminhados ao Curso de Formação que será realizado entre os dias 30/01/2019 a 06/02/2019.

Segundo o edital ocorrerá apenas uma segunda chamada para suprirem as possíveis desistências e completarem as vagas, o que na visão dos excedentes é equivocado pelo fato do Curso ser de caráter eliminatório e classificatório, e sendo assim ao final do processo estarão aptos um número consideravelmente inferior ao de vagas.

Os candidatos justificam a perspectiva em função de reprovações, eliminações, candidatos que estão aprovados em outros certames e também os que irão desistir deste processo seletivo por outros fatores.

Desta forma os excedentes, no caso, são importantes em uma futura composição dos quadros do Sistema Prisional Mineiro e consequentemente reestabilização do número de servidores.

A inclusão dos aprovados no Curso de Formação Introdutório que se iniciará em 30/01/2019, não teria custas para o estado, isso em virtude dos custos correrem por conta do candidato bem como o fato de o Estado ter um número satisfatório de aptos para serem chamados no prazo de validade do certame, e considerável as despesas com um concurso posteriormente. São outros argumentos apresentados.

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas