Conecte-se conosco

Policial

Em Malacacheta criança de apenas três anos tem pênis amputado em cirurgia de fimose

Avatar

Publicados

em

Após amputar parte do pênis de garoto, médico que realizou o procedimento cirúrgico é encontrado morto dentro de casa em Malacacheta

Um menino de apenas 03 anos de idade teve seu pênis amputado durante uma cirurgia de fimose na cidade de Malacacheta no Norte de Minas.

Conforme informado pelo pai da criança, o médico que procedeu a cirurgia no Hospital Municipal Dr. Carlos Marx, não admitiu o erro e a amputação teve que ser confirmada após os pais da criança a transferirem para um hospital em Teófilo Otoni, por acharem que algo errado poderia ter ocorrido no procedimento.

De acordo com os relatos o procedimento inicialmente deveria durar cerca de 30 minutos, mas a operação do garoto teria durado cerca de 4 horas. Segundo o pai do garoto ao final do procedimento, o local estava todo ensanguentado e havia uma espécie de gaze enrolada, simulando que o pênis estaria ali.

Os familiares pediram para uma enfermeira para retirar o curativo, quando então afirmaram não ter conseguido visualizar o órgão da criança.

No dia seguinte, a criança foi transferida para o hospital de Teófilo Otoni, no novo hospital, um laudo foi feito e apontou que houve laceração do prepúcio. Com isso, o garoto ainda terá de esperar para saber se poderá recorrer a uma prótese ou não. Ainda no novo hospital o menino foi submetido a mais duas cirurgias de reconstrução do membro.

Médico é encontrado Morto

Em Malacacheta, dias após ter amputado o pênis do menino, durante a cirurgia de fimose, o médico responsável pelo procedimento foi encontrado morto, dentro de sua casa. A causa da morte do cirurgião ainda não foi revelada.

Segundo apurado a confirmação da morte do médico foi dada pela Prefeitura de Malacacheta , que disse não ter sido emitido ainda o laudo com a causa da morte do cirurgião que não teve seu nome divulgado.

Campanha para captar recursos

A família do menino iniciou uma vaquinha on-line para arrecadar recursos necessários para arcar com a recuperação do filho, sendo que até o fechamento desta reportagem já foram arrecadados mais de R$ 24 mil.

Ainda conforme o relato do pai, o filho já não corre mais risco de morrer, mas a família segue sem uma resposta concreta sobre a possibilidade de reconstrução do pênis. “Essa vaquinha visa arrecadar recursos para buscar respostas o mais rápido possível, bem como a responsabilização dos envolvidos, pois não temos condições financeiras suficientes”, finalizou o pai da criança.

Para colaborar com a vaquinha basta acessar o link e fazer a contribuição. Foi informado ainda que os familiares buscam especialistas para darem seu parecer e definir qual tratamento deve ser feito com a criança, por esse motivo ainda não foi definido a meta a ser atingida na vaquinha online.

Vaquinha online (CLIQUE AQUI)

 

Mais lidas