Conecte-se conosco

Colunistas

Eleições em Minas Gerais, novos capítulos e a difícil escolha do vice

Luciano Augusto

Publicados

em

Pois bem, o ritmo de pré-campanha nos últimos dias foi intensificado e os pré-candidatos estão à procura de um vice. A escolha de um bom vice está atrelada a uma série de fatores, tais como, região política dos vices, partido político, prestigio e por ai vai; em uma eleição difícil como a de Minas Gerais, os vices possuem a sua importância.

Foi dito nos últimos dias que o pré-candidato Antônio Anastásia (PSDB), o seu vice seria Marcos Montes deputado federal do (PSD), essa seria uma dobradinha estratégica, mesmo por que, o PSD possui um bom tempo de TV, bem como, Marcos é da região do triangulo mineiro e alto Paranaíba, até esse momento Anastásia especula-se que a chapa do PSDB, está fase adiantada com os seguintes partidos, PSD, PSC, PTB, PPS.

Outro que anunciou seu possível vice em uma composição seria Lacerda (PSB), o escolhido seria o Deputado Federal Jaime Martins (PROS), da região centro oeste de Minas, Lacerda também anunciou ao lado de Mario Hering (PDT), uma possível composição do PDT na sua coligação majoritária. Contudo, o nome de Marcio Lacerda, tem sido ventilado nacionalmente isso por que, o seu partido PSB, estaria próximo de uma aliança com o candidato do PDT – Ciro Gomes ao palácio do planalto, o que o leva a ser cotado como vice na chapa presidencial.

A região do triangulo esta mesmo prestigiada, assim, como Anastasia,  outro pré-candidato do DEM, Deputado Federal Rodrigo Pacheco, estaria de olho em um vice ou melhor uma vice daquela região, o nome sondado seria da a ex-secretária municipal de Uberlândia Ana Paula Junqueira, mulher do prefeito Odelmo Leão, do PP, na sua visita a região o deputado defendeu o protagonismo do Triangulo nas eleições de Minas, bem como, salientou que as mulheres devam ter voz ativa na Política de nosso Estado.

As conversas de Rodrigo DEM, estão avançadas com os seguintes partidos PP, AVANTE.

Dinis Pinheiro do (SOLIDARIEDADE), desistiu da pré-candidatura ao palácio da liberdade, mas já sinalizou ser agora pré ao Senado, ao que parece seu partido estaria conversando com Rodrigo (DEM) e Anastasia (PSDB).

O Pré-candidato do partido (NOVO), Romeu zema anunciou seu pré candidato a vice Paulo Brant, que é muito conhecido no meio empresarial como administrador de empresas, em 2016 chegou a ser lançado candidato a prefeitura de BH, mas desistiu da disputa após problemas internos no partido.

Pelo lado de quem esta no Governo até o momento muito silencio, foi ventilada a hipótese de Dilma ser candidata ao Governo e Pimentel ao Senado, mas são apenas boatos dos bastidores.

O MDB em evento realizado no encontro em Montes Claros, lançou dois pré-candidatos ao Governo de Minas, Antônio Andrade, atual vice Governador e Adalclever Lopes presidente da assembleia, ambos afirmaram que estão em ritmo de pré campanha até as definições na convenção partidária, e que o partido terá candidatura própria, na minha humilde avaliação o MDB, pode nesse momento querer se apresentar como terceira via, contudo, esse discurso difícil “pegara” falo isso por que, Adalcelver durante boa parte de seu mandato na Assémbleia esteve ao lado do Governador Fernando Pimentel (PT), o auxiliando nos seus projetos, querer se distanciar nesse momento é uma arma para os adversários e o Vice Toninho, embora ele tenha rompido de maneira pessoal com o Governo em 2016, a maioria dos membros de seu partido esteve próxima da atual gestão estadual, acredito que o MDB, quer mostrar sua força de um partido grande, para articular uma composição com o DEM de Pacheco ou próprio PSDB de Anastasia.

Para refletir

O meu ideal político é a democracia, para que todo o homem seja respeitado como individuo e nenhum venerado.

*Albert Eistein

LUCIANO AUGUSTO O. LOPES é bacharel em Direito pela Sociedade Dom Bosco de educação e cultura - Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis - Divinópolis (2012). Advogado inscrito na Seccional OAB Minas Gerais, desde 2015, com ênfase em Direito Público, atuando nas áreas do Direito Eleitoral, Administrativo. Atua como Consultor Jurídico do IPGC (Instituto de Planejamento e Gestão de Cidades). Possui diversos cursos voltados para o Marketing Político Eleitoral, tem experiência em campanhas políticas e na gestão de projetos políticos.Há habilidade em comunicação tendo atuado na função de radialista/jornalista

Continue Lendo
1 Comentário

1 Comentário

  1. Luan

    18 de junho de 2018 em 16:13

    Minas quer mudança quer for a 3 via ganha !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas