Conecte-se conosco

Economia

Depois de dois anos no vermelho, faturamento da indústria mineira sobe em 2017

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Aumento foi de 1,3%, segundo Indicadores Industriais da FIEMG


Depois de dois anos de estagnação e outros três de queda, o faturamento da indústria mineira finalmente voltou a subir, fechando em 2017 com aumento de 1,3%. Os dados são da pesquisa Indicadores Industriais da FIEMG, divulgada no dia 1º/02, na sede da entidade. “Esse desempenho no faturamento é um sinal inequívoco de retomada da indústria”, confirmou o presidente do Conselho de Política Econômica e Industrial da FIEMG, Lincoln Gonçalves Fernandes.

O reaquecimento não ocorreu em todos os setores da economia, de acordo com Fernandes, mas já atingiu segmentos estratégicos para Minas Gerais, com a indústria de mineração, por exemplo. Além disso, a expectativa para 2018 é de crescimento mais robusto em setores como automotivo, metalúrgico e de celulose, ainda segundo o empresário.

No emprego e nas horas trabalhadas na indústria, a variação ainda é negativa (-4,9% e -1,6%, respectivamente). Na avaliação de Fernandes, entretanto, já está em andamento uma recuperação do número de vagas de trabalho no setor, embora esse aumento ainda não seja suficiente para compensar as perdas dos dois últimos anos. “E a tendência no longo prazo e de manter a curva ascendente do nível de emprego”, garantiu.

A utilização da capacidade instalada ficou em 78,5% (bem abaixo da média histórica, de 83,2%), indicando que a indústria ainda poderá retardar investimentos.

Confira a íntegra do Index de dezembro de 2017.

 

Fonte: Sistema Fiemg

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas