Conecte-se conosco

Policial

Criminosos matam jovem e expõem cabeça em vídeo nas redes sociais

Israel Silveira

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

O crime foi filmado e exposto na internet; o corpo do jovem foi encontrado na quinta-feira passada (16) e cinco pessoas foram presas


Um jovem de 23 anos foi assassinado, esquartejado e teve a cabeça exposta por criminosos no Ceará. A vítima, identificada apenas como Luan, foi morta no bairro Tabapuá, em Caucaia, região metropolitana de Fortaleza, capital do Estado.

O crime foi filmado e exposto na internet. O corpo do jovem foi encontrado na quinta-feira passada (16) e cinco pessoas foram presas no dia seguinte suspeitas de terem cometido o crime.

Nesta quinta-feira (22), imagens dos criminosos expondo a cabeça de Luan surgiram nas redes sociais. A Polícia Civil investiga. A gravação foi obtida pelo jornal cearense “O POVO”.

As imagens mostram os homens segurando a cabeça decapitada do rapaz, enquanto citam o nome de uma facção criminosa que seria responsável pela morte dele.

A cabeça é jogada no chão e é possível ver parte dos outros membros do rapaz espalhados em um matagal.

Quando os restos mortais de Luan foram encontrados, apenas o tronco do rapaz foi localizado. Braços, pernas e a cabeça dele foram arrancados durante o crime.

Operação prendeu onze pessoas em Caucaia e região

A Polícia Civil do Ceará deflagrou na manhã desta quarta-feira a Operação Atroz, em Caucaia, e prendeu onze pessoas para desarticular grupos criminosos responsáveis por “homicídios e ameaças contra moradores da região”. Drogas, cartões de crédito e dinheiro em espécie foram apreendidos na ação.

“Um dos primeiros a ser preso foi identificado como Francisco Ronald Ávila de Freitas, de 36 anos, conhecido como “Rony”. Conforme investigações realizadas pela Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC), o homem é apontado como chefe de um grupo criminoso oriundo do Rio de Janeiro”, informa a instituição em nota.

Outros nove mandados de prisões temporárias pelos crimes de integrar organização criminosa e tráfico de drogas também foram cumpridos pelos agentes. “Os capturados são suspeitos de ameaçar moradores na região. Os presos já possuem passagens por crimes como homicídio doloso, tráfico de drogas, roubo, receptação, crime contra a paz pública e posse de drogas”, acrescenta o texto.

Os criminosos foram identificados como como Daniel Amarante de Souza, de 19 anos, conhecida como “Coreano”; José Adrianderson Cavalcante de Freitas, de 21, conhecido como “Sinistro”, Francisco Renato Moura Beserra, de 23, conhecido como “Renatinho”, Leonardo Cavalcante dos Santos, conhecido como “Coquinho”, Pedro Douglas Sales de Lima, de 20, conhecido como “Satânico”, Kelton Avila Lopes, de 30, Antonio Matheus Marinho Pereira, de 21, conhecido como “Lourão”, Willadier Freitas Freitas do Monte Monteiro, conhecido como “Ladier”, e João Vitor Melo de Oliveira, de 23.

  • O Tempo
Leia mais...
Propaganda

Mais lidas