Conecte-se conosco

Governo Estadual

Serra do Cipó amanhece vazia após decreto que fecha o comércio

Avatar

Publicados

em

Em Santana do Riacho, na região central do Estado, após a publicação do decreto que prevê o fechamento de estabelecimentos comerciais essenciais, devido ao aumento de visitantes no feriado do Dia do Trabalhador, as ruas amanheceram vazias e o comércio fechado no sábado, 02 de maio. Nas entradas das cachoeiras faixas indicando a proibição da entrada.

Restaurantes estavam fechados e nas portas exibiam faixas com telefones para entrega de mamitex em casa.

Na entrada da Trilha dos Escravos, caminho que que dá acesso ao topo da cachoeira Véu da Noiva, além da faixa, um vigilante orientava os turistas que o caminho está interditado. Mesmo assim, alguns visitantes foram até o local, sem se preocupar com a pandemia de coronavírus e acabaram tendo a entrada barrada.

A autônoma Valéria Corrêa, 38, diz que viu na internet que a trilha estaria liberada nesse feriado e por isso, trouxe a  família inteira para conhecer, mas foram barrados na entrada. O grupo tem cerca de dez pessoas. “Nós saímos de Belo Horizonte, temos um sítio em Baldim, trazer as crianças para nadar no lago, no final da trilha e chegamos aqui e está tudo fechado”, conta.

A instrutora de auto escola, Elisângela Siqueira, 40, também lamentou o fechamento. “Nós viemos na trilha dos escravos pra conhecer. Vimos um anúncio no Google que dizia que estaria aberto a partir do dia primeiro. Agora é voltar pra casa”, disse.

Foto/Fonte: Ramon Bitencourt/O Tempo

CLIQUE AQUI E FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO DE WHATSAPP

JORNAL O POPULAR – A NOTÍCIA COM DEVE SER

Mais lidas