Conecte-se conosco

Brasil

Covid-19: Após perder pai e irmão Prefeito de Mongaguá faz apelo a população – Veja o Vídeo

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.
Após perder o pai e o irmão para a COVID-19 em apenas uma semana, o prefeito de Mongaguá (SP), Márcio Melo Gomes (Republicanos), se emocionou durante uma live oficial da prefeitura, nesta terça-feira,30 de março, pedindo para que a população do município paulista respeite as medidas restritivas para evitar que mais mortes aconteçam.
O pai do prefeito, Givaldo Alves Gomes, de 64 anos, morreu no dia 22/3 após ficar com 80% dos pulmões comprometidos. Sete dias depois, o irmão dele, Givaldo Melo Gomes Júnior, também não resistiu ao agravamento da doença e morreu no domingo (28/3), aos 33 anos.
“Infelizmente, por essa doença, eles perderam a vida. Não existe nada mais precioso do que a vida de cada um de vocês, mas principalmente da vida de quem vocês amam”, disse o prefeito.
Muito emocionado durante toda a transmissão, o governante comunicou medidas de enfrentamento da pandemia em Mongaguá, e ressaltou que todo o Brasil vive a pior crise sanitária da história. Segundo dados da prefeitura do município, nesta terça-feira (30/3), foram registrados mais de 3 mil casos suspeitos e 86 mortes.
Sob pressão de alguns comerciantes da cidade para a reabertura dos estabelecimentos, Márcio Melo disse que já fez todo o possível para conciliar as necessidades dos negócios com ações para proteger os 56 mil moradores.
Em meio às lágrimas, ele rebateu as críticas pela decisão do fechamento do comércio, em vigor desde 23/3, dizendo que trocaria uma economia quebrada pela sobrevivência de mais vidas no município.
“Meu pai era comerciante, meu irmão era comerciante. Como eu queria hoje sair dessa live e poder ouvir do meu pai e irmão: ‘eu quebrei, meu comércio quebrou. Sabe por que? Porque nós a quebramos, e, com a vida, conseguimos dar a volta por cima’.”

Veja o vídeo:

Fonte: por Nathalia Galvani –  EM


Mais lidas