Conecte-se conosco

Cidade

Covid-19: a beira do colapso, Nova Serrana registra maior percentual de ocupação desde o início da pandemia

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Boletim aponta que cidade está a três leitos de enfermaria de registrar a lotação máxima hospitalar para atendimento de Covid-19

Em Nova Serrana a preocupação frente a Onda Roxa e a proliferação do coronavírus segue sendo uma indigesta realidade e como aponta o boletim epidemiológico, divulgado pela administração municipal, o cenário segue com registro de piora.


Segundo os dados repassados, no fim da tarde da última terça-feira, dia 16 de março, o município segue com 100% de ocupação dos leitos de CTI Covid-19, e ainda se aproxima também da lotação máxima dos leitos de enfermaria.

De acordo com o boletim, todos 17 leitos de CTI Covid-19 disponibilizados em Nova Serrana estão ocupados.

Seguindo o preocupante cenário, 21 dos 24 leitos de enfermaria, destinados para atendimento de pacientes com coronavírus são utilizados no momento, o que incide em uma taxa de ocupação de 87,5%.

Ao todo o percentual de ocupação dos leitos em Nova Serrana é de 92,68%, a maior taxa de ocupação contabilizada em Nova Serrana desde o início da pandemia.

Ainda sobre a ocupação dos leitos, os dados da administração apontam que dos 38 leitos ocupados em Nova Serrana, 27 são utilizados por pacientes de outros municípios, o que representa um percentual de 71,05% de utilização.

A ocupação dos leitos por pacientes de outras cidades, frente ao total de unidades disponibilizadas em Nova Serrana, incide sobre a taxa de 65,85% de utilização no momento.

Casos suspeitos

Assim como o aumento registrado na ocupação dos leitos, também cresceu entre segunda (15) e terça-feira (16) o número de casos suspeitos em Nova Serrana. Foram contabilizados no novo boletim, 1198 casos suspeitos, o que representa um aumento de novos 163 casos suspeitos, o que significa um crescimento percentual de 15,74% em apenas 24h.

De acordo com o boletim 1190 pacientes são monitorados no momento em isolamento domiciliar.

Relacionados aos casos suspeitos internados, o boletim informou que 08 pacientes de Nova Serrana e 05 de outros municípios seguem hospitalizados.

Cabe ressaltar que um óbito suspeito segue sendo monitorado pela Secretaria Estadual de Saúde.

Casos confirmados

O boletim epidemiológico também apontou que 2380 casos confirmados foram registrados até a última terça-feira (16), ou seja, foi registrado um aumento de 32 casos positivos em 24 horas.

Dos casos confirmados, 81 evoluíram para óbito e 2225 são considerados curados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Também foi informado que atualmente 67 pacientes seguem recebendo o tratamento em isolamento domiciliar e outros sete estão internados em unidade hospitalar.

Por fim, os dados ainda informam que 22 pacientes com casos confirmados de outros municípios estão internados em unidade hospitalar na capital do calçado.

Confira outros dados no boletim:

Mais lidas