Conecte-se conosco

Governo Municipal

Confira quais são os planos e projetos de Euzebio Lago para Nova Serrana

Avatar

Publicados

em

Após reeleição história Euzebio Lago fala sobre planos e projetos para Nova Serrana pelos próximos quatro anos

Com uma votação histórica o Prefeito de Nova Serrana, Euzebio Lago (MDB), foi reeleito com mais de 60% dos votos válidos nas urnas. A aprovação do chefe do executivo então chancelou mais quatro anos de gestão, que conforme informado em uma entrevista exclusiva, serão cumpridos em sua totalidade.

Dois dias após ser eleito a reportagem deste Popular esteve frente a frente com o prefeito de Nova Serrana que contou para nossa reportagem quais serão seus planos e ações implementados para o município de Nova Serrana.

Na entrevista Euzebio ressaltou que mudanças no secretariado e comissionados são algo natural que pode ocorrer, contou sobre os projetos, obras e construção de um parque ambiental para lazer da população e ainda, com todas as letras afirmou que vai terminar os quatro anos de mandato, não sendo um candidato a deputado no próximo pleito eleitoral.

LEIA MAIS SOBRE NOVA SERRANA AQUI NO JORNAL O POPULAR

Confira na integra a entrevista feita por este Popular com o prefeito reeleito Euzébio Lago.

Euzebio, primeiramente parabéns pela reeleição com uma votação tão expressiva; para você a que se deu essa votação?

A população hoje tem acesso à informação em tempo recorde e a população teve consciência plena do que nós enfrentamos no mandato. O que foi feito não é mais que a obrigação, mas aquilo que foi proposto se houvesse a possibilidade de uma recontratação porque o prefeito é contratado através do voto. O cenário que enfrentamos pela retenção de recursos, greve de caminhoneiros, maior volume de chuvas da história de Nova Serrana e pandemia e a forma como foi conduzida, isso trouxe para a população uma certa segurança de que não estávamos brincando de prefeito.

Isso então é a resposta de uma nova percepção da população quanto a política?

A população viu os resultados em um cenário que não era para ser da forma como foi e ainda assim conseguimos fazer, a questão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), do novo Hospital São José, da construção já em andamento da hemodiálise, da escola em ensino integral, melhorias do trânsito, a vinda do Santa Mônica, da segurança publica; a população sentiu na pele essa melhoria.

Essa eleição então foi relacionada aos projetos e ações feitas durante sua primeira gestão, somadas a nova percepção política?

A população cansou de ouvir que os candidatos sempre falam de educação, saúde e segurança na campanha, mas quando é eleito esquecem. Nós tivemos que lembrar que diante do cenário tivemos que priorizar o que já era nossa proposta, a população entendeu isso, que hoje há um prefeito e vice em tempo integral, que a prefeitura não é clube de amigos, entidade filantrópica, ela é uma empresa, que foi administrada e conseguiu sobressair em tempo de crise e a população reconheceu através do voto.

Quais são as perspectivas de ações e obras já para o início de 2021?

Dois dias depois da eleição estamos no Morada do Sol continuando o asfaltamento, a estrada de Boa Vista será reconstruída, a ordem de serviço já foi dada, depende das questões climáticas. As Unidades Básicas de Saúde (UBS) Santa Sara e do Belvedere já estão com as obras adiantada. As obras vão continuar porque as pessoas tem a necessidade durante a vida toda. Ao contrario do que disseram não tivemos 4 anos de condições plenas de fazer as ações, mas o trabalho será diário e já no próximo semestre teremos a implantação das lâmpadas de led, entrega de novos veículos da Guarda; houve questões de materiais como a indústria está sofrendo, estamos com dificuldade de obter, mas muitas obras serão entregues no primeiro semestre de 2021.

Na última gestão a relação com o legislativo foi conturbada, como você pretende tratar essa relação no próximo mandato?

Na verdade a população começou a tratar isso, ela mostrou que mandato não pertence a partido e ao presidente, ele pertence a população que elegeu. Quem votou é o verdadeiro dono do mandato. Eu quero crer que os vereadores e vereadora que foram eleitos eles entenderam isso até porque não se tem mais lugar para marionete politico de ninguém. O poder que emana do povo tem que voltar para o povo. A leitura foi feita o resultado está ai.

Você já começou a tratativa de aproximação dos vereadores eleitos não é isso?

Já na segunda-feira, me reuni com 11 deles, na terça com o Dr Rodrigo. A uma sinalização de que houve um entendimento da mensagem que foi dada nas urnas, o povo não entende mais ações que não sejam voltadas para população. A oposição tem que ter, mas que seja ética, e que represente a população e não pessoas escondidas nas sombras como no passado.

Se a relação com os vereadores já vem sendo pensada, e quanto aos servidores municipais, haverá mudanças; como está o projeto da reforma administrativa?

A lei que está na Câmara ela corta centenas de cargos, há um enxugamento das secretarias e nova estrutura que está lá. Esperamos que o projeto seja analisado, votado, e possamos inclusive mudar a nomenclatura de cargos que são totalmente absurdas, mas esperamos que elas sejam aprovadas, para que possamos trabalhar na eficiência e enxugamento da máquina.

Qual o quadro atual da administração?

Hoje temos um total 3.300 servidores, destes 2.150 são da educação, só para se ter uma ideia do tamanho do desafio, uma cidade que nasce 180 crianças todo mês, não existe um secretário adjunto. Temos um índice de folha de 44.7%, uma situação que jamais foi vista nas administrações passadas, não há inchaço da folha muito pelo contrário.

Mas e quanto ao secretariado; haverá mudanças?

Agradeço a Deus pela oportunidade de servir, todos os meus secretários têm curso superior, quando escolhi o secretariado não trouxe pra cá companheiros de política, os trouxe pela capacidade e mostraram isso na Saúde, na Segurança Pública. Tivemos algumas trocas durante a gestão, mas estamos analisando a situação. Algumas situações são normais de acontecer, mas não haverá grandes mudanças.

Você falou sobre obras, quais são os primeiros projetos que vai implementar na próxima gestão?

O primeiro deles parece simples. Já determinei ao secretário de administração, quero um sistema de avaliação de atendimento do cidadão, em qualquer setor ele vai votar e vai manifestar a forma como foi atendido. Vamos trabalhar uma melhor capacitação para que o munícipe seja atendido com empatia com atenção e carinho que lhe é pertinente. Vamos implantar isso em todos os setores da prefeitura, o atendimento melhorou, mas queremos ampliar isso. Inclusive na minha mesa, queremos saber como a população vem sendo atendida.

Além da administração, nas demais pastas, o que pretende fazer primeiro?

Na educação, queremos que todas as escolas do município passem a ser em tempo integral, sabemos como fazer isso e vamos fazer. Não posso ter uma escola em tempo integral sem que a criança tenha estrutura. Será um grande investimento, lembrando que nossa administração não trata recursos com educação como despesa, é investimento no futuro, essa é uma ação que vamos implementar.

Em outras áreas também temos projetos. Na saúde outro desafio logo no início do mandato os 10 leitos do CTI são uma prioridade e o término da clinica de hemodiálise.

Algum projeto que ainda seja uma surpresa, você pretende implantar no próximo ano?

Tem o parque de área verde. A saúde, educação e segurança são importantes, mas o bem estar, poder ter o lazer, é importante e já estamos iniciando essa ação que vai trazer um benefício muito grande para a população.

Onde será esse parque?

O parque será próximo ao Serra Dourada.

Se tratando de desenvolvimento econômico, como você pretende desenvolver ainda mais o município em áreas que são de pouca representatividade no município, como a agricultura?

É um sonho antigo, queremos ter uma usina de pasteurização. Vamos comprar do pequeno produtor, pasteurizar e oferecer nas escolas. Teremos o alimento de qualidade e ajudando o pequeno produtor. Esse projeto já está sendo iniciado. Começamos a trabalhar com o secretário de Indústria e Comercio. Vamos colocar esse projeto em ação, vamos colocar as luzes sobre os pequenos produtores rurais nessa importante ação.

As ações para o desenvolvimento econômico vão além do agronegócio?

Em primeira mão quero trazer aqui sobre asfaltamento. Tivemos a noticia de uma grande empresa que pretende se instalar em Nova Serrana. Dai a importância dos vereadores. Será encaminhado um projeto, onde por uma ação de pagamento, teremos uma usina aqui em nossa cidade, e o terreno seria pago com o próprio asfalto. Isso permitiria que fizéssemos os asfaltamento e recapeamento, promovendo assim uma reconstrução da cidade, uma vez que a empresa irá pagar o terreno com asfalto.

Tem alguns projetos arrojados que demandam recursos, de onde virá esse dinheiro, para fazer essas ações?

Coincidentemente eu estava falando agora a pouco as 14h11 com o senador Carlos Viana (PSD), temos alguns Pro-infância cadastrados, então estávamos falando com ele para angariarmos recursos para ampliar a rede de ensino em Nova Serrana, tanto ele quanto o deputado federal Newton Cardoso Junior (MDB), senador Anastasia (PSD) estão dispostos a ajudar Nova Serrana. Estamos buscando recursos para atacar varias áreas, a canalização através da Codevasp, esperamos que em Brasília tenhamos tempos mais amenos, para alavancarmos essas obras.

Prefeito mais uma vez, parabenizamos você pela eleição e deixamos aberto para que você faça as suas considerações aos leitores e internautas do Jornal O Popular

A população pode ter certeza do compromisso de continuar governando com austeridade, com integridade. Não serei deputado daqui a dois anos. Tenho um mandato a cumprir, há muito por fazer, tenho que continuar administrando a prefeitura como empresa, onde cada centavo do dinheiro público – um exemplo simples, não soltamos nenhum foguete, não gastamos o dinheiro publico para tacar fogo, são coisas simples, mas ao final do mandato dão para construir muita coisa. Não roubar e não deixar roubar, Nova Serrana continuará tendo um funcionário prefeito e um funcionário vice-prefeito em tempo integral, para trazer qualidade de vida, quanto à mobilidade, teatro municipal que é um sonho, o museu do calçado, as pessoas tem que conhecer como começou essa história, tudo isso será realizado com austeridade e honestidade. Podem ter certeza que vamos trabalhar realmente de coração pleno e vamos fazer o melhor para todos.

Mais lidas