Conecte-se conosco

Governo Estadual

Com colapso na saúde e fila com mais de 700 pacientes aguardando por leito de UTI, Governo de Minas estende protocolo da Onda Roxa até a páscoa

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

A Onda Roxa será estendida inicialmente até o próximo domingo, de páscoa, essa foi a decisão do Governo de Minas, anunciada nesta quarta-feira, 24 de março, pelo secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti.


“Foi definido hoje que a onda roxa será prolongada até o domingo de Páscoa para que possamos garantir que a incidência de casos no estado caia e que menos pacientes fiquem esperando leitos nas unidades hospitalares”, afirmou o secretário.

O colapso causado pela pandemia de Coronavírus em Minas Gerais é cada vez mais evidente, e a falta de estrutura e leitos ofertados já causam uma fila de 714 pacientes aguardando por leitos no Estado.

Segundo informado pelo próprio secretário de Estado de Saúde,  714 vítimas da Covid-19 estão esperando por uma vaga de UTI. O crescimento de pacientes a espera por leitos cresceu 51% em apenas três dias.

A perspectiva no entanto é cada vez mais preocupante Em sua coletiva o Baccheretti classificou o momento vivenciado pela saúde pública no Estado como “muito difícil”, e ainda declarou que, a perspectiva nos próximos dias é de aumento, no número de casos notificados e óbitos.

“Já ultrapassamos 1 milhão de casos, é um número que lamento muito informar. Me solidarizo com as famílias. São números recordes dentro da pandemia no Estado”.

Segundo apontou o secretário a redução por conta da onda roxa, só deve ser percebida após duas semanas da implementação do protocolo em todo o Estado. Quanto a abertura de leitos  Baccheeretti afirmou que “todo o esforço de abertura não é suficiente”, e por esse motivo a Onda Roxa será estendida inicialmente, até o Domingo de Páscoa.

Conforme informado por este Popular, nesta quarta-feira o Estado  de Minas Gerais registrou seus piores números referentes a pandemia de Coronavírus. Em 24 horas, foram confirmados 347 mortes por causa da Covid-19 e 13.796 infectados.

Ao todo Minas já contabiliza um total de óbitos e casos notificados de 22.497 e 1.053.994, respectivamente.

Vale ressaltar que a Onda Roxa foi implementa no dia 17 de março, em todos os 853 municípios mineiros, com previsão de valer, inicialmente, até o próximo dia 31. Entre as ações restritivas estão o toque de recolher (das 20h às 5h) e a instalação de barreiras sanitárias em áreas de grande circulação.

Foto: imagem ilustrativa –  Agência Minas

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas