Conecte-se conosco

Policial

Casal que gravou vídeo de maus tratos com animais é preso em Onça do Pitangui

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Policiais da 19ª Companhia, prendeu na noite desta quinta-feira (27) no município de Onça do Pitangui, um casal suspeito por maus tratos a animais, após a divulgação de um vídeo nas redes sociais gravado no povoado de Capoeira Grande.


O vídeo gravado pelos suspeitos, mostra os maus tratos a um cachorro da residência, e uma galinha amarrada juntamente com bombas no corpo do animal, onde o casal colocou fogo para que os artefatos estourassem.

Após a divulgação do vídeo que gerou grande comoção em redes sociais, com diversas repostagens inclusive por artistas militantes dos direitos dos animais, moradores do município informaram à Polícia Militar (PM) sobre o crime cometido pelo casal.

Recebida a denúncia, os policiais foram até o povoado para averiguarem as informações, localizado os suspeitos na residência dos mesmos. A mulher  de 37 anos e o homem de 48 anos admitiram os maus tratos ao cachorro, mas alegaram que a galinha já estava quando a amarraram, e que tiveram tais atitudes como forma de corrigir e castigar o cão de seis meses que, segundo eles, havia atacado e comido algumas galinhas, e que o mesmo foi solto cerca de três quilômetros do povoado.

Durante as buscas na residência, foram encontradas as roupas usadas durante o crime, os celulares usados na gravação do vídeo, uma espingarda de pressão, 22 munições calibre .28, e cinco bombas de tamanho médio.

Foram realizadas buscas ao cão abandonado no povoado, mas até o momento não foi encontrado. A PM solicita que a população colabore com informações que possam ajudar na sua localização, pelo telefone 190.

Diante dos fatos, o casal foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Pará de Minas para demais providências.

Assista abaixo o vídeo gravado pelo Sargento Duarte sobre o caso:

Fonte: Polícia Militar de Minas Gerais

Foto: Divulgação/PMMG

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas