Conecte-se conosco

Esportes

Atlético goleia La Guaira e garante liderança geral da Copa Libertadores

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Dominante, o Atlético não teve dificuldades para manter a boa fase e golear o Deportivo La Guaira-VEN na noite desta terça-feira, no Mineirão. Com gols de Savarino, Marrony, Keno e Nathan, o time alvinegro venceu por 4 a 0 na sexta e última rodada do Grupo H da Copa Libertadores.


A vitória fez o Atlético chegar aos 16 pontos e garantir a liderança geral da fase de grupos da Libertadores. O desempenho permite ao time decidir em casa todos os confrontos mata-mata até uma eventual semifinal. A finalíssima será no estádio Centenário, em Montevidéu, capital do Uruguai, em 20 de novembro.

O segundo classificado do Grupo H é o Cerro Porteño-PAR, que venceu o América de Cáli-COL por 1 a 0 nesta terça, em Assunção. Os paraguaios somaram dez pontos. Em seguida, aparecem os colombianos (quatro), que vão disputar a Copa Sul-Americana. O lanterna é o La Guaira-VEN (três).

Com o fim da fase de grupos, a Libertadores é pausada para a disputa da Copa América na Argentina. O próximo compromisso do Atlético é a estreia no Campeonato Brasileiro, contra o Fortaleza. O jogo está marcado para este domingo, às 11h, no Mineirão.

Já o Deportivo La Guaira-VEN terá um período maior de descanso e treinamentos. A equipe volta a campo no fim de semana dos dias 5 e 6 de junho, diante do Aragua-VEN, fora de casa, pelo Campeonato Venezuelano.

Oitavas de final

O calendário da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) prevê o sorteio das oitavas de final para 2 de junho, mas a data está sujeita a alterações. O evento será na sede da entidade, em Luque, no Paraguai, e definirá o chaveamento até a final.

Líder do grupo, o Atlético vai enfrentar um dos segundos colocados e tem o direito de ser mandante no jogo decisivo. As oitavas de final estão marcadas para as semanas dos dias 14 (ida) e 21 (volta) de julho.

Domínio alvinegro

Como esperado, o Atlético dominou totalmente as ações ofensivas na etapa inicial. O Deportivo La Guaira-VEN se viu encurralado e tentou repetir a estratégia defensiva que conteve o adversário no jogo de ida, empatado em 1 a 1.

Mas não deu certo. Com 61% de posse de bola e o triplo de finalizações (15 a cinco), os donos da casa engrenaram na segunda metade do primeiro tempo e furaram o bloqueio rival.

Aos 28 minutos, Arana lançou Hulk. O centroavante ganhou no corpo do defensor e serviu Savarino, que, livre e sem goleiro, só tocou para as redes: 1 a 0. Já no finalzinho, Marrony – que substituiu o lesionado Keno – ampliou no rebote de um cabeceio dele mesmo.

E poderia ter sido mais: Nacho Fernández desperdiçou boas oportunidades para o Atlético, que chegou a balançar as redes outra vez – mas o lance foi invalidado por impedimento. O 2 a 0 refletiu a superioridade do time alvinegro, que nada sofreu defensivamente.

Vitória vira goleada

O Atlético não precisou de muito tempo para aumentar a vantagem e transformar a vitória em goleada. Logo aos cinco minutos da segunda etapa, Hulk fez uma bonita tabela com Nacho e tocou na saída do goleiro Carlos Olses: 3 a 0.

Aos 22 minutos, um lance curioso: o árbitro argentino Nicolás Lamolina aplicou um cartão amarelo ao volante Allan, que está suspenso para o jogo de ida das oitavas de final. Porém, quem realmente fez a falta foi o lateral-esquerdo Guilherme Arana.

Mesmo com as alterações do técnico Daniel Farías no time do La Guaira-VEN, nada mudou na dinâmica do jogo. À frente, o Atlético seguiu melhor, com mais posse de bola e sem sofrer sustos defensivos. Nos acréscimos, Nathan fez o quarto após cruzamento de Guilherme Arana. E o placar se manteve até o fim.

ATLÉTICO 4 X 0 DEPORTIVO LA GUAIRA-VEN

Atlético

Everson; Guga, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Hyoran, aos 37′ do 2ºT), Tchê Tchê (Matías Zaracho, aos 31′ do 2ºT) e Nacho Fernández (Nathan, aos 37′ do 2ºT); Savarino (Eduardo Vargas, aos 25′ do 2ºT), Marrony (Eduardo Sasha, aos 25′ do 2ºT) e Hulk

Técnico: Cuca

Deportivo La Guaira-VEN

Carlos Olses; Kendrys Silva, Adrián Martínez, Francisco La Mantia, Henry Pernía e Yohan Cumana (Jon Aramburu, aos 41′ do 2ºT); Arles Flores, Francisco Pol (Clyde García, aos 41′ do 2ºT), Louis Ángelo Peña (José Reyes, aos 9’ do 2ºT) e Carlos Cermeño (Ronaldo Lucena, aos 9’ do 2ºT); Charlis Ortíz (Riasco, aos 38′ do 2ºT)

Técnico: Daniel Farías

Motivo: sexta rodada do Grupo H da Copa Libertadores

Local: Mineirão, em Belo Horizonte

Data e horário: terça-feira, 25 de maio de 2021, às 21h30 (de Brasília)

Gols: Savarino, aos 28’, Marrony, aos 43’ do 1ºT, Hulk, aos 5’, e Nathan, aos 48′ do 2ºT (ATL)

Cartões amarelos: Allan, aos 22′ do 2ºT (ATL); Charlis Ortíz, aos 26′ do 2ºT (DLG)

Árbitro: Nicolás Lamolina (ARG)

Assistentes: Mariana de Almeida (ARG) e Daiana Milone (ARG)
* Fonte:  Superesportes / Foto: Juarez Rodrigues/EM

Mais lidas