Conecte-se conosco

Governo Estadual

ATENÇÃO: Estado alerta sobre golpes na vacinação de covid-19

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

 

Em plena pandemia, grupos de criminosos, mal-intencionados têm aproveitado a vacinação contra a covid-19 para aplicar golpes em todo o país. Em Minas Gerais, o Governo do Estado, alerta os públicos prioritários sobre os cuidados ao serem chamados para receber as doses da imunização.

De acordo com as orientações repassadas pelo Governo de Minas, as pessoas “devem sempre checar a informação recebida e NUNCA passar dados bancários” .

Conforme informado, os golpistas aproveitam o momento de esperança e ansiedade pelas doses para simular agendamentos falsos de vacinação para a covid-19, conforme o diretor de Operações da Polícia Civil de Minas Gerais, Aloísio Daniel Fagundes.

Segundo ele, as simulações, feitas por meio de telefonemas ou contato por mensagem, têm o objetivo de roubar dados bancários das vítimas.

“É preciso ter cuidado também com o acesso a links enviados por WhatsApp para um provável cadastro de vacinação. O ideal é, ao se cadastrar, entrar direto no site oficial da prefeitura responsável”, alerta Aloísio Fagundes.

Agendamentos

Os agendamentos para a vacinação da covid-19 são de responsabilidade de cada município. Em Minas, há cidades que optaram por fazê-los por cadastros dos grupos prioritários, outras escolheram entrar em contato com as pessoas por telefone. Ainda há aquelas que agendam a vacinação nas próprias unidades de Saúde.

Independentemente da forma adotada pelas prefeituras, a diretora de Vigilância de Agravos Transmissíveis da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), Janaína Fonseca Almeida, recomenda aos cidadãos pertencentes aos grupos prioritários a checagem das informações recebidas.

“Os municípios devem informar sua população sobre a vacinação da forma mais transparente possível, traçando estratégias de comunicação com o objetivo de esclarecer qualquer dúvida”, diz.

Ela recomenda que a população fique atenta sobre os agendamentos e os contatos.

“Os agentes de Saúde devem se identificar sempre que forem às residências, usando uniforme e/ou crachás. Antes de receber a equipe em seu domicílio, é importante que o indivíduo cheque a informação com a sua unidade de Saúde. Em caso de dúvidas, também é possível acessar os sites oficiais, como as páginas das prefeituras, da SES-MG ou do Ministério da Saúde”, orienta.

Fonte: Agência Minas

 

Mais lidas