Conecte-se conosco

Policial

Abrigo suspeito de fazer empréstimos em nome de idosos é alvo de operação

Israel Silveira

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

O lar temporário, na cidade de Taiobeiras, foi denunciado inicialmente por maus-tratos aos idosos

Na data em que é celebrado o Dia do Idoso, esta sexta-feira (1º), a Polícia Civil (PC) cumpriu um mandado de busca e apreensão em um abrigo do município de Taiobeiras, no Norte de Minas. O lar temprário foi denunciado inicialmente por maus-tratos aos idosos, mas acabou passando a ser investigado também por fazer empréstimos em nome dos internos.


Durante a operação, foram verificados indícios, ainda de acordo com a instituição policial, de que a proprietária do local tomava o cartão de benefício do idoso assim que era assinado o contrato. Foram apreendidos diversos cartões bancários e anotações de senhas, além de documentos que serão periciados no inquérito.

Segundo o delegado Bruno Marocco, as condutas investigadas são vedadas pelo Estatuto do Idoso. “Ainda, obtivemos informações que, com o empréstimo em nome dos idosos, a proprietária comprava roupas, eletrodomésticos e acessórios para uso pessoal”, explica o policial.

Idoso amarrado

A denúncia de maus-tratos, que acabou levando à descoberta do outro crime, chegou à polícia por meio de um vídeo. Uma vizinha filmou, através de um buraco no muro do imóvel, um idoso de 66 anos, com os pés e mãos amarrados, sendo arrastado pelas costas por funcionários do local.

Diante desta denúncia, a PC representou à Justiça pelo mandado de busca e apreensão, que foi cumprido nesta sexta. As apurações de todos os fatos continuam pela Delegacia em Taiobeiras.

  • O Tempo
Leia mais...
Propaganda

Mais lidas