Conecte-se conosco

Colunistas

A política e os politiqueiros

Rido de Oliveira

Publicados

em

Segundo o dicionário Aurélio, a palavra política significa: 1 Conjunto dos fenômenos e das práticas relativos ao Estado ou a uma sociedade. 2 Arte e ciência de bem governar, de cuidar dos negócios públicos. 3 Qualquer modalidade de exercício de política. 4 Habilidade no trato das relações humanas. 5 Modo acertado de conduzir uma negociação estratégia.

Com relação à palavra politiqueiro, o dicionário assim diz: adj. e sm. Diz-se de, ou aquele que faz politicagem.  A palavra politicagem é definida no mesmo dicionário como: sf. Política mesquinha, estreita.

Pois bem, o significado das duas palavras é bastante distinto, traduz nitidamente duas situações que convivemos rotineiramente, seja no plano nacional, estadual ou municipal. Enquanto a política significa práticas louváveis de uma democracia, a politicagem praticada pelos politiqueiros aponta para condutas detestáveis e que em nada acrescentam para nossa sociedade, pelo contrário atuam para prejudicar toda a população do contexto onde é praticada.

O que podemos entender pela prática da politicagem, é que buscam os politiqueiros não um bem para a sociedade onde vivem, mas sim, atuam no sentido de que o caos reine. Para os politiqueiros, a famosa frase: quanto pior melhor, é uma verdade. Como bem traduz o dicionário Aurélio, a politicagem é uma prática mesquinha e estreita.

Essa questão do quanto pior melhor, direciona as chagas daqueles que não conseguem verdadeiramente entender que vivem no ambiente que esperam piorar, que por óbvio serão também atingidos. Muitos desses politiqueiros são pessoas inteligentes, mas não possuem nenhuma sabedoria.

No nosso cenário municipal, temos visto toda sorte de politiqueiros atuando, ajudados pelas incontroláveis redes sociais, vem agitando o terreno político da cidade. Grande parte desses politiqueiros é ou já foram políticos eleitos pela população. Vemos muitos desses politiqueiros agindo em total confusão com que seria de se esperar de pessoas que são ou já foram representantes do povo.

Alguns com elevado conhecimento intelectual, outros nem tanto, quase todos atuando num palco de fazer a política mesquinha e estreita. Não produzem ideias, não apresentam projetos e não trazem soluções, o que seria de se esperar dos mesmos como políticos na acepção correta da palavra.

Nesse teatro montado por aqueles que usam da prática da politicagem todos saem perdendo, não há vitoriosos nessa saga. Ainda que os politiqueiros possam achar que saíram ganhando alguma coisa com sua mesquinhez de atuação, enganam-se totalmente, pois, suas ações prejudicam todos à sua volta, seus familiares, amigos e eles mesmos.

Não consigo ser otimista e ver um quadro melhor nessa situação no horizonte próximo. Penso que talvez daqui há algumas centenas de anos se ainda existirem ser humanos e nosso Brasil, quem sabe nosso povo evolua e mude esse teatro nefasto.

RILDO DE OLIVEIRA E SILVA é advogado desde 2002, formado pela fadom – Faculdade de Direito do Oeste de Minas, possui o escritório de advocacia Rildo de Oliveira e Silva & Advogados Associados. É também escritor nas horas vagas, tendo publicado o livro do gênero romance de nome “Letras Mortais”. Atualmente ocupa o cargo comissionado de procurador adjunto do município de Nova Serrana

Continue Lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas