Conecte-se conosco

Eleições

Servidores municipais que devem disputar as eleições geram gasto de R$180 mil para o município

Avatar

Publicados

em

O Município de Nova Serrana está prestes a iniciar neste fim de semana o pleito eleitoral. Com três convenções partidárias marcadas para o próximo domingo e segunda-feira, dias 13 e 14 de setembro, respectivamente, será finalmente definidos as chapas e os nomes que disputarão as eleições para prefeito e vereadores.

Entre os candidatos que devem estar no pleito, cerca de 19 são servidores efetivos do município. De acordo com informações apuradas junto a prefeitura de Nova Serrana 19 servidores públicos efetivos, se descompatibilizaram no dia 14 de agosto, com intuito de disputar o pleito eleitoral.

Contudo o afastamento dos servidores não imputa em suspensão dos proventos, sendo assim, mesmo sem estar produzindo como servidores efetivos, os 19 que descompatibilizaram geram uma despesa mensal, segundo a prefeitura, de R$ 59.955,25.

De acordo com a prefeitura de Nova Serrana, “os servidores efetivos desincompatibilizados continuam recebendo de acordo com o Estatuto dos Servidores Públicos Municipais”.

LEIA MAIS… VEJA OUTRAS NOTÍCIAS SOBRE AS ELEIÇÕES 2020

Somados os três meses de afastamento, contando do dia 14 de agosto ao dia 15 de novembro, o município terá uma despesa de aproximadamente R$ 180 mil, com salários de servidores que afastaram de seus respectivos cargos para disputar as eleições.

Servidores comissionados

Ainda de acordo com as informações solicitadas junto a prefeitura de Nova Serrana, “oito servidores (contratados e comissionados) pediram exoneração para concorrer às eleições municipais de 2020”.

A exoneração do servidores gerou para a cidade a despesa de “R$73.023,98”, contudo, ainda segundo a administração, com a exoneração, valores na ordem de” R$31.809,03” mensais, deixaram de ser gastos com salários.

Retorno às atividades

Ainda de acordo com a prefeitura de Nova Serrana, os servidores efetivos, caso não sejam eleitos, retornarão normalmente as suas atividades após o pleito.

“Os servidores efetivos retornam normalmente aos seus cargos de origem no dia seguinte ao pleito. Já os servidores comissionados precisam ser novamente nomeados”.

Câmara Municipal de Nova Serrana

A reportagem do Jorna O Popular também entrou em contato com a Câmara Municipal de Nova Serrana, questionando se algum servidor teria se descompatibilizado ou pedido exoneração para disputa do pleito deste ano.

Conforme repassado pelo setor de comunicação do legislativo municipal, “nenhum servidor efetivo da Casa se descompatibilizou para a disputa do pleito eleitoral.”

Foi também informado pela Câmara Municipal, que apenas um servidor comissionado foi exonerado com o intuito de disputar as eleições, contudo, a exoneração se deu junto as demais, dos segundos assessores dos gabinetes, promovidas pela presidência visando o corte de gastos do legislativo municipal.

Mais lidas