Conecte-se conosco

Meio ambiente

Secretaria de Meio Ambiente identifica infrator que é multado por descarte irregular de lixo industrial

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Após receber denúncia, prefeitura identifica infrator e repassa informações a Polícia do Meio Ambiente que registra ocorrência e emite multa de R$ 5 mil pelo crime ambiental

A prefeitura de Nova Serrana, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, identificou e notificou um popular pelo descarte indevido de lixo industrial.

Segundo informado pelo setor de comunicação, a notificação se deu após a Secretaria de Meio Ambiente receber uma denúncia contendo vídeo e foto de um homem descartando e ateando fogo em lixo industrial em um terreno baldio.

Após a identificação do autor, por meio da placa do automóvel registradas nas imagens encaminhadas a secretaria o executivo enviou as informações para Polícia Militar de Meio Ambiente, que registrou um Boletim de Ocorrência e aplicou um auto de infração no valor de 1.500 UFEMGs, aproximadamente 5 mil reais.

De acordo com o setor de comunicação da prefeitura a ação da secretaria de Meio Ambiente teve como base a política nacional de resíduos sólidos, definida pela lei 12.305/2010 e que determina que os resíduos industriais, tenham destinação ambientalmente adequada, sendo o descarte irregular passível de sanções criminais.

Ainda de acordo com as informações repassadas, a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, em parceria com o Conselho de Meio Ambiente (CODEMA) tem atuado de forma sistemática na fiscalização de descartes irregulares de resíduos industriais.

Por fim o executivo ainda ressalta que atos como os acima citados são infrações que colocam em risco a saúde e a vida da população e devem ser denunciados e combatidos por toda a comunidade.

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas