Conecte-se conosco

Administração

SAMU espera por milagre vindo do governo para pagar salários

Avatar

Publicados

em

A cerca de um ano após sua instituição no Centro-Oeste Mineiro, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), passa por sua primeira crise financeira e o pagamento dos servidores que atuam no serviço está comprometido.

Segundo informado a crise é acarretada pela falta de pagamento dos repasses oriundos pelo governo de minas, sendo devidos ao serviço cerca de R$ 42 milhões.

De acordo com as informações colhidas pela imprensa regional o atraso dos repasses que deveriam ser feitos pelo governador desde a gestão Pimentel, vem ocorrendo consecutivamente a partir de agosto de 2018.

Com a falta dos recursos a grande dificuldade da gestão do SAMU é o pagamento da folha de salarial. Segundo apurado atualmente o compromisso mensal é de aproximadamente R$ 2,5 milhões.

Informações divulgadas pelo sistema MPA, indicam ainda que durante os últimos 6 meses o consórcio conseguiu honrar o compromisso devido aos recursos do fluxo de caixa, feito com o repasse dos municípios e do Governo Federal, contudo o SAMU se encontra no momento sem recursos e sendo assim os gestores do serviço temem que o atendimento possa ser afetado.

Buscando sanar os problemas foi realizada em Belo Horizonte uma reunião na esperança a solução para o impasse. Contudo o governo do estado fez somente a liberação de R$ 630 mil oriundos do Governo Federal depositado no Fundo Estadual de Saúde, sendo que o repasse estadual ainda está indefinido.

Continue Lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas