Conecte-se conosco

Calçados

Rodadas digitais com compradores da América Latina devem gerar US$ 1,2 milhão

Avatar

Publicados

em

As rodadas de negócios digitais realizadas por 20 marcas calçadistas brasileiras com compradores da América Latina entre 24 de agosto e 25 de setembro devem gerar US$ 1,2 milhão entre negócios fechados e alinhavados durante a iniciativa.

A participação foi apoiada pelo Brazilian Footwear programa de apoio às exportações de calçados mantido pela Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

A analista de Promoção Comercial da Abicalçados, Paola Pontin, que acompanhou as rodadas, destaca que o modelo de negócios agradou as empresas participantes, que somaram US$ 220 mil em negócios imediatos e reportaram a expectativa de fechar mais US$ 960 mil em negociações decorrentes dos contatos realizados.

Segundo Paola, foram mais de 380 contatos, a maior parte deles inéditos, com compradores importantes dos mercados da Colômbia, Peru e Chile.

“Existe uma aceleração deste tipo de negociação digital, tendência que foi impulsionada pelas necessidades verificadas durante a pandemia do novo coronavírus. A cada evento, sentimos que as empresas estão mais preparadas e com os seus esforços proporcionando resultados mais expressivos”, avalia.

Participaram das rodadas marcadas via matchmaking – reuniões pré-agendadas de acordo com o interesse dos compradores – as marcas Marina Mello, Ferrucci, Tresilas, Suzana Santos, Renata Mello, Azillê, Kildare, Medical Line, Parô do Brasil, Parô Cool, 365 Days, Vicenza, Zagga, Marluvas, Klin, Luiza Barcelos, Pé com Pé, GB Footwear, RDi e Top Boot.

Mais lidas