Conecte-se conosco

Clima - Tempo

Prepare o cobertor: frio veio pra ficar em Minas

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Agasalho e cobertor. O frio que estacionou em Minas Gerais na última semana não tem previsão para ir embora. Principalmente com a chegada do inverno, que começa na segunda-feira (21/6).


Para este fim de semana, a Defesa Civil de Belo Horizonte emitiu alerta de baixa temperatura nas primeiras horas da manhã devido à atuação de uma massa de ar frio. Os termômetros podem ficar abaixo dos 13°C.

Foi o caso deste sábado (19/6), quando a capital mineira atingiu os 13ºC como mínima durante a madrugada, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Os ventos moderados amplificaram a sensação térmica em BH.
Belo Horizonte registrou a menor temperatura do ano na manhã de segunda-feira (14/6). Segundo o Inmet, na estação meteorológica do Cercadinho, na parte alta da Região Oeste da capital, o frio chegou a 10°C. Até a última quinta-feira (18/6), a menor temperatura de 2021, em Minas Gerais, foi -0,3°C, registrada em 25 de maio em Monte Verde, no Sul do estado.

E a blusa de frio não deve voltar para o armário nos próximos dias. Isso por causa de uma massa de ar frio que ainda atua sobre o Sudeste, mantendo as temperaturas amenas.

“Geralmente, essa massa de ar frio fica estacionária no Sudeste e vai perdendo força gradativamente”, explica o meteorologista coordenador do Inmet Lizandro Gemiacki. Ele explica que, embora as temperaturas possam aumentar, a escalada nos termômetros não deve ser significativa, podendo a mínima subir 1 ou 2 graus apenas.

De acordo com o especialista, é normal para esta época do ano que as temperaturas fiquem baixas durante a manhã e subam à tarde. “Existe um sistema de alta pressão que inibe a formação de nuvens. Sem as nuvens, a radiação durante a noite se perde e a temperatura vai caindo. Acontece assim: aquece rápido durante o dia e também esfria rapidamente durante a noite, porque, geralmente, é a nuvem que faz a temperatura não variar muito.”

SOLSTÍCIO

O inverno começa na segunda-feira, à 0h32. A estação chega com o solstício de inverno no hemisfériosSul e de verão no hemisfério norte. Nesse período, há o auge da estação seca em Minas Gerais. O Inmet explica que as poucas e raras chuvas praticamente se restringem à faixa leste do estado, ocorrem em forma de chuvisco ou chuva com fraca intensidade, decorrentes do transporte de umidade de origem oceânica.

A meteorologista Anete Fernandes reforça que o inverno será de pequena possibilidade de chuvas, diminuição na porcentagem da umidade, o que pode contribuir para uma piora do ar e aumento da propagação de incêndios nas matas. “É importante lembrar que nesta estação a temperatura sofre uma grande variação, com madrugadas muito frias, dias mais quentes e o período da noite esfriando novamente”, ressalta.

Chuvas fracas no Sul de Minas também podem ocorrer no próximo mês. A partir de julho, tardes com índices críticos de umidade (inferiores a 30%) se tornam recorrentes em quase todas as regiões mineiras. A previsão é de temperatura máxima de 28 graus até pelo menos na outra semana.
Fonte: Estado de Minas
Foto: Reprodução/R7
Leia mais...
Propaganda

Mais lidas