Conecte-se conosco

Infra-estrutura

Prefeito se reúne com Copasa para tratar sobre abastecimento de água em Nova Serrana

Publicados

em

Euzebio Lago questiona andamento das obras, mas afirma que problema de falta de água tem diminuído no município e que em breve serão “coisas do passado”

O prefeito de Nova Serrana Euzebio Lago, esteve na última quinta-feira, dia 04 de outubro, se reunindo com diretores da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e cobrou mais medidas para que haja regularidade quanto a prestação de serviço da estatal em Nova Serrana.

Segundo informado pelo setor de comunicação do executivo municipal o encontro aconteceu na sede da Copasa, em Belo Horizonte e além do prefeito estavam presente na reunião os diretores de Operações Sul, Frederico Delfino, e de Gestão Corporativa, Francisco Cançado, além do superintendente de Operações Centro e Oeste, João Martins.

Entre as ações que foram cobradas pelo prefeito foi questionado o término das obras da nova Estação de Tratamento de Água (ETA), próximo ao rio Pará e a conclusão dos trabalhos de interligação do sistema de abastecimento aos seis reservatórios construídos no ano passado.

Na oportunidade o prefeito lembrou que as obras se iniciaram em 2015, por várias ocasiões foram interrompidas e não cumpriram o cronograma previsto o que acarreta o desabastecimento frequente na cidade, prejudicando milhares de moradores, com destaque na região norte da cidade (Veredas da Serra, Novo Horizonte, Concesso Elias, Frei Ambrósio, Antônio Venâncio, entre outros).

Segundo o setor de comunicação do executivo municipal, os diretores da empresa se comprometeram a solucionar os problemas relacionados ao andamento das obras da nova ETA, nas margens do rio Pará ainda afirmaram que irão notificar a empreiteira responsável pela obra.

Já com relação à interligação do sistema de abastecimento aos novos reservatórios construídos nos bairros Planalto, Fausto Pinto, Montserrat, Mariana Martins (dois reservatórios) e Serra Dourada serão priorizados os trabalhos nos próximos dias.

A prefeitura ainda informou que uma nova reunião na sede da Copasa está marcada, ainda para o mês de outubro para que assim seja avaliado o andamento dos trabalhos.

Conforme pontua o prefeito Euzebio Lago a empresa tem um contrato com o município que vigora até o ano de 2027 e que dentro da limitações o executivo vem cobrando a melhoria nos serviços da empresa. “Assumimos em janeiro do ano passado e encontramos a lei municipal aprovada pelos vereadores, além do contrato de concessão dos serviços de água e esgoto do nosso município, datado de 1997, vigente até 2027, ou seja, por 30 anos. Começamos então a cobrar dos diretores da empresa, através de nossos representantes na Assembleia e junto ao governo de Minas, a execução dos cronogramas de obras, melhorias e ampliação do sistema de abastecimento de água e tratamento de esgoto”. Disse Euzebio.

O prefeito afirma que a cobrança caminha quanto a busca de solução para a população que tem sido a maior prejudicada quanto as deficiências na prestação de serviços pela Copasa.

“Ainda no ano passado vivenciamos um longo período de estiagem e tivemos problemas com falta de água em todo o perímetro urbano. Os compromissos assumidos pela empresa responsável pelas obras da nova Estação de Tratamento de Água não foram cumpridos. Tivemos desabastecimento nos últimos dias, bem menores que no ano passado. Estamos cobrando da direção da Copasa soluções para conclusão das obras nas margens do rio Pará e ainda sobre a interligação dos reservatórios construídos no ano passado, através de uma ação política de nosso governo municipal”. Explicou o prefeito.

Finalizando Euzebio afirma que os problemas têm diminuído e que em breve serão coisas do passado. “Os trabalhadores e as trabalhadoras de Nova Serrana impactados pelos problemas de falta de água nas torneiras diminuíram. Em breve, os problemas de falta de água em Nova Serrana serão coisas do passado, podem ter certeza disso”, afirmou o prefeito.

 Vereador questiona Copasa e pede medidas

A empresa em Nova Serrana vem sendo questionada já há alguns anos, desde o último ano os vereadores vem apontando questões sobre o serviço da empresa na cidade.

Na ultima reunião ordinária o vereador Gilmar da Farmácia (PV) questionou o serviço da empresa em Nova Serrana, afirmando que na última semana vários bairros ficaram sem o abastecimento de água. “Tivemos ano passado uma reunião com a empresa no gabinete do prefeito e Ela falou que iria tomar providencias e nada, na última semana vários bairros ficaram até 04 dias sem água inclusive no fim de semana, Nova Serrana é a cidade que mais arrecada e tem mais serviço na região e o escritório central é em Bom Despacho, somos a cidade que mais cresce, que tem mais serviço e nada de melhorias no atendimento”. Disse Gilmar.

O vereador ainda questionou sobre o esgoto que não é tratado pela empresa e pediu que os vereadores e o Deputado Estadual reeleito Fábio Avelar intervenham quanto a fiscalização e melhorias da prestadora de serviços em Nova Serrana. “A Copasa é uma empresa que o deputado vai ter que ajudar a cidade a conduzir os trabalhos dela em Nova Serrana. A Copasa cobra um absurdo de esgoto e joga in natura no córrego, matando o córrego e a natureza e ela ainda cobra um absurdo de taxa de esgoto sem fazer o tratamento. Nós vereadores temos que fiscalizar, e assim fazermos com que ela cumpra o que está determinado em contrato que é fazer 100% do tratamento do esgoto. Temos que repensar o que a empresa está fazendo em nossa cidade”. Finalizou Gilmar.

 CPI

É ainda importante lembrar que uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), foi instaurada para investigar os procedimentos e a relação da prestadora com a cidade. Contudo segundo informado na reunião ordinária da última semana, o relatório ainda não foi apresentado pelo fato do vereador relator Willian Barcelos (PTB) estar em período de disputa eleitoral e não querer utilizar da medida como forma eleitoreira.

Na ocasião Barcelos afirmou que o relatório será amplo e entregue dentro do prazo para que a investigação seja concluída e uma decisão referente ao serviços prestados pela empresa seja tomada com base no documento.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas