Conecte-se conosco

Infra-estrutura

Prefeito busca alienação de área para construção de passarelas em Nova Serrana

Publicados

em

Projeto encaminhado a Câmara determina alienação de área de 8,7 mil m², pelo valor mínimo de R$ 2,4 milhões; cada passarela custará cerca de R$ 802 mil

O prefeito de Nova Serrana, Euzebio Lago, divulgou em sua rede social na última terça-feira, dia 07 de agosto, que mais uma de suas promessas de campanhas será iniciada em breve.

Conforme dito pelo prefeito, as comunidades de Gamas, Moreira e Veredas da Serra receberão as sonhadas passarelas, que trarão maior segurança e conforto para os moradores que necessitam atravessar o trecho duplicado da rodovia BR 262 a pé.

A construção das passarelas, no entanto será feita com recursos exclusivos do município, e conforme informado pelo prefeito, o intuito é que uma área do município seja vendida para que o executivo tenha caixa destinado exclusivamente para realização das três passarelas.

 Projeto encaminhado a Câmara

Segundo informado pelo executivo Municipal, foi protocolado em caráter de urgência na Câmara de Vereadores o Projeto de Lei 077/2018 que autoriza a prefeitura a alienar um imóvel público com destinação específica para a construção de três passarelas de pedestres nas comunidades de Gamas, Moreiras e no bairro Veredas da Serra.

No projeto o chefe do executivo reforça que as obras são de interesse público tendo em vista que os moradores diariamente utilizam a pista de rolamento para a travessia, correndo assim grande risco de atropelamento e morte.

Ainda no projeto e especificado que os recursos da alienação do imóvel serão destinados exclusivamente para a realização das obras, e que o valor mínimo do processo será de acordo com a avaliação do imóvel emitido em três laudos técnicos.

 Projeto das passarelas

No projeto a área de aproximadamente 8,7 mil metros quadrados, localizada na rua Libério Lopes no bairro Santa Helena, será comercializada por valor superior a R$ 2,4 milhões, recursos que serão suficientes para realização das passarelas que segundo apontado pelo executivo custarão  em torno de R$ 802 mil cada.

Segundo os técnicos da prefeitura cada passarela terá como principal despesa a fundação, orçada em torno de R$ 102 mil por obra, e ainda a passarela metálica com fabricação, pintura e montagem orçadas em aproximadamente R$ 589 mil.

Ainda consta no projeto piso laje steel deek orçado em R$ 33 mil, guarda corpo orçado em pouco mais de R$ 59 mil, e corrimão orçado em aproximadamente R$ 7,7 mil.

 Compromisso e Importância das passarelas

De acordo com o setor de comunicação da prefeitura de Nova Serrana, o prefeito Euzebio Lago, já se reuniu com as lideranças desses bairros para apresentar o projeto.

Em nota encaminhada pelo setor de comunicação o prefeito destacou a importância das obras. “São bairros que crescem consideravelmente e a população corre sérios riscos atravessando a BR-262 todos os dias. Esse projeto é de suma importância e tenho certeza que teremos o apoio dos vereadores, uma vez que serão obras para beneficiar a população de Nova Serrana”.

Euzebio ainda destacou que para garantir segurança aos moradores dessas regiões, a prefeitura assumiu uma responsabilidade que originalmente seria do Governo Federal. “É bom lembrar que se tratando de uma rodovia federal, todas as passarelas deveriam ter sido feitas junto com a duplicação da BR-262, mas não foram. Nós vemos de perto a necessidade desses moradores e vamos assumir essa responsabilidade. Com a autorização do DNIT vamos construir essas três passarelas para garantir o direito de ir e vir das pessoas com segurança”. Finalizou o chefe do executivo.

Passarelas: pedido antigo

O Projeto de Lei foi protocolado em caráter de urgência, haja vista a necessidade de agilizar as obras para garantir a segurança dos moradores na travessia da BR-262.

Pelo que tudo indica o projeto será apreciado com agilidade pelo legislativo que já aprovou várias indicações dos edis quanto a necessidade das passarelas nas comunidades em questão.

Conforme informado pela secretaria de articulação política, ainda na tarde de quarta-feira, o secretário de obras Hedy Wilson, se reuniu pessoalmente com os vereadores e visitaram a área que será alienada.

No total as passarelas custarão cerca de R$ 2,4 milhões, a área será comercializada após a aprovação em plenário e será alienada por meio de processo licitatório, concorrência pública, que será aberto pelo executivo municipal.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas