Conecte-se conosco

Colunistas

“Política, principalmente municipal, não se faz com revanchismo pessoal”

Luciano Augusto

Publicados

em

Quem quer ser um bom Prefeito?

A resposta é simples, todos os ocupantes deste importante cargo, obvio!  Contudo, o cerne da questão é como ser um bom Prefeito nos tempos de crise que assombram a política nacional, que faz com que os municípios entes da federação com o menor poder de arrecadação, consigam sobreviver a essa crise, que é política e também financeira, para as cidades.

Pois bem, fórmula mágica não existe, mas alguns ingredientes podem fazer de um Prefeito, um bom gestor.

Uma administração se inicia pela sua equipe, o Prefeito por mais dinâmico que ele seja, sozinho não faz nada. Por isso, o secretariado tem que ser escolhido a dedo, de toda forma, defendo a qualidade curricular dos secretários.

A iniciar pela sua equipe, depois vem o bom planejamento, que toda boa gestão pública exige.  Quem esta no poder tem que entender, que política não se faz com revanchismo pessoal, por isso, a oposição é sim importante para toda administração, pois é através das criticas mesmo as não construtivas, que sejam as injustas, que a administração traçará seus caminhos, sempre com visão para o bem comum.

Tenho acompanhado algumas cidades pela região, o bom trabalho desenvolvido por alguns Prefeitos. Destaco aqui, o Prefeito Edson Vilela de Carmo do Cajurú, Arquiteto Urbanista, bacharel em Direito, Edson vem administrando sua cidade, com muita prudência e planejamento.

Sua administração, possui um plano de metas e algumas já foram alcançadas, tal como, o licenciamento ambiental é realizado agora pelo Município.

A municipalização do licenciamento ambiental irá  permitir, não só avanço e agilidade no procedimento da regularização ambiental dos empreendimentos dos setores econômicos existentes, como oportunizar uma segurança jurídica e ambiental às empresas, indústrias e produtores rurais, ainda não licenciados, ou até novas oportunidades de geração de ocupação, emprego e renda, destacou o Prefeito na reunião de lançamento da municipalização do serviço.

A maioria dos projetos estão em andamento, como a construção de um moderno pórtico segurança na entrada da cidade, o estudo para implantação de um parque industrial nas margens da MG 050, bem como, a implantação de uma usina elétrica solar na cidade, em parceria com a iniciativa privada. Enfim, o Prefeito Edson, tem muito trabalho pela frente e a quem diga que o grande desejo dele é transformar “Carmo do Cajurú, em a Gramado das Minas Gerais”.

Faço aqui os votos de uma boa gestão ao Prefeito Edson, aliás, a todos da nossa região, por que, governar bem uma cidade é uma obrigação de todos aqueles que foram eleitos.

Espero que o próximo Governador de Minas faça uma gestão mais voltada para os Municípios, bem como, aconteça uma renovação política neste sentido, é inadmissível os Municípios continuarem vivendo de auxílios, principalmente da União.

Para Refletir, uma frase que gosto muito de André Franco Montoro:

 “ninguém vive no Estado ou na União. As pessoas vivem no município”.

LUCIANO AUGUSTO O. LOPES é bacharel em Direito pela Sociedade Dom Bosco de educação e cultura - Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis - Divinópolis (2012). Advogado inscrito na Seccional OAB Minas Gerais, desde 2015, com ênfase em Direito Público, atuando nas áreas do Direito Eleitoral, Administrativo. Possui diversos cursos voltados para o Marketing Político Eleitoral, tem experiência em campanhas políticas e na gestão de projetos políticos.Há habilidade em comunicação tendo atuado na função de radialista/jornalista

Leia mais...
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas