Conecte-se conosco

Policial

Policial civil mata mulher e morre em troca de tiros com a P

Avatar

Publicados

em

Um policial civil matou uma mulher na noite desta sexta-feira, no Bairro Serra, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Na sequência, ele foi morto por policiais militares ao resistir ao cerco da PM, no mesmo bairro.

Segundo a PM, o crime ocorreu na Rua Capelinha, onde funciona um bar. Testemunhas contaram à corporação que houve uma discussão, que terminou com os disparos contra a mulher. O policial civil teve uma relação amorosa com a vítima, o que configura crime de feminicídio.

Ainda de acordo com a polícia, na sequência, o policial entrou em um Honda Civic preto e fugiu em alta velocidade. Ele se deparou com uma viatura do 22º Batalhão da PM ainda na Serra e trocou tiros com a guarnição. O homem conseguiu fugir novamente.

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS POLICIAIS AQUI NO JORNAL O POPULAR

Depois, conforme a PM, ele bateu o carro a Avenida do Contorno, no encontro com a Rua Estêvão Pinto, ainda na Serra. No local, ele saiu do veículo e trocou tiros com policiais do Batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam).

Durante o confronto, o policial civil foi baleado. A PM informa que os militares socorreram o homem até o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, ainda no Centro-Sul de BH, mas ele não resistiu aos ferimentos.

Em nota, a Polícia Civil informou que a equipe de plantão do Departamento de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) esteve na Avenida do Contorno e seguiria para o bar onde a mulher foi morta ainda na noite desta sexta.

Ainda segundo a instituição, um outro policial faz os levantamentos no João XXIII. A perícia foi acionada para comparecer tanto no bar, quanto no local da troca de tiros do investigador com a PM.

Fonte: Por Gabriel Ronan – EM

Foto: Imagem Ilustrativa Web

Mais lidas