Conecte-se conosco

Policial

PM apreende maconha, crack e dinheiro na residência de casal suspeito de tráfico de drogas em Para de Minas

Avatar

Publicados

em

A Polícia Militar (PM), no último domingo, 06 de setembro, realizou na rua Tapuias, bairro Providência, em Pará de Minas, a apreensão  de 01 tablete, 02 porções e um cigarro de maconha, 09 pedras e uma porção de crack, R$1977,00 em dinheiro e outros objetos.

Segundo a PM na ação foi preso um suspeito identificado com idade de 21 anos e apreendido um adolescente de 17 anos por uso de drogas.

Conforme os autos, os militares foram até o local averiguar denúncias de que um casal, sendo uma mulher de 32 anos e um adolescente de 17, estaria vendendo drogas próximo à uma Igreja Católica.

Durante a ação os policiais viram quando dois suspeitos de serem usuários de drogas, de 17 e 21 anos, fizeram contato de forma suspeita com o adolescente citado nas denúncias, na sua residência, através da janela do imóvel.

Os dois suspeitos foram abordados e com eles foram encontrados um cigarro, um tablete e uma bucha de maconha, que teriam sido comprados do adolescente alvo das denúncias.

LEIA MAIS… CONFIRA AQUI MAIS NOTÍCIAS POLICIAIS

Segundo a PM o Adolescente suspeito fugiu pelos fundos da residência, não sendo mais encontrado.

Foram então procedidas as buscas no interior da sua casa, quando foram encontrados as drogas e materiais descritos, além de uma balança de precisão e uma lâmina usada para fracionar drogas.

O adolescente que fugiu foi identificado, sendo conhecido nos meios policiais, pela prática de atos infracionais ligados ao tráfico de droga.

A residência é compartilhada com a suspeita de 32 anos, que também teve seus dados lançados na ocorrência, para demais providências pela Polícia Civil.

O suspeito de 21 anos e o adolescente de 17, abordados com as drogas compradas do morador da residência, foram conduzidos à Delegacia de Polícia, com os materiais apreendidos.

A PM continua o rastreamento ao adolescente foragido e a sua companheira e pede que a população colabore com denúncias pelos telefones 190 ou 181, Disque Denúncia Unificado, o DDU.

Mais lidas