Conecte-se conosco

Assédio sexual

Patrão é preso suspeito de filmar funcionárias no banheiro

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Em Belo Horizonte, o proprietário de um lava a jato foi preso na última segunda-feira, dia 08 e março. O empresário é suspeito de filmar as funcionárias dentro do banheiro do estabelecimento.


Segundo informado pela Polícia Civil, foram localizadas três câmeras escondidas no banheiro feminino. As câmeras foram descobertas por uma funcionária, que viu o equipamento próximo à janela e chamou a polícia.

Além do equipamento que estava instalado na janela, foram encontradas outras duas escondidas perto do vaso e atrás da porta.

O suspeito, identificado com idade de 50 anos, foi preso no local e no total, doze funcionárias foram para a delegacia para prestar depoimento.

As funcionárias do estabelecimento contaram a polícia que vinham sofrendo assédio do patrão.

Em seus depoimentos as vítimas afirmaram que começaram a desconfiar que estavam sendo filmadas depois que o homem comentava sobre as cores das peças íntimas que elas usavam.

Ainda conforme informado pelas autoridades o suspeito é casado e sua esposa o agrediu quando ficou sabendo do crime.

Fonte: Com informações G1

Foto: Imagem Ilustrativa

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas