Conecte-se conosco

Abuso Sexual

Padrasto é preso após abusar sexualmente de enteada de 9 anos

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), um homem de 23 anos foi preso nesta quinta-feira, dia 11 de março, suspeito de  abusar sexualmente da enteada, uma criança de apenas 9 anos de idade.


Segundo informado pela Polícia Civil, o suspeito dos abusos é padrasto da criança, sendo ainda apontado que a mãe da menina foi indiciada, uma vez que sabia do crime e não procurou as autoridades.

Conforme informado, a denuncia dos abusos ocorreu no dia 21 de janeiro. O fato chegou ao conhecimento das autoridades após a menina contar ao tio materno e à namorada dele sobre os abusos.

Ao tio a criança relatou que o suspeito passava aos mãos no corpo dela, colocava o órgão sexual na boca da criança e queria que ela o tocasse.

“De acordo com as apurações, esse padrasto já praticava atos libidinosos com a enteada desde que ela tinha 5 a 6 anos de idade. O caso só veio à tona porque o tio acionou a Polícia Militar após escutar da criança sobre os abusos. No dia em que a polícia foi acionada, esse indivíduo não foi localizado. A mãe da menina disse que desconhecia os fatos e não quis fornecer o endereço de trabalho dele”, explicou a delegada Ariadne Elloise Coelho.

O suspeito, que trabalha como pedreiro, fugiu para o Espírito Santo, e se apresentou em uma delegacia de Betim no dia 8 de março.

Por fim a PCMG informou que o indivíduo suspeito negou o crime.

Mais lidas