Conecte-se conosco

Policial

Mulher é presa por comunicação falsa de crime em Pará de Minas

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Na tarde de terça-feira, dia 18 de fevereiro, na Rua Pequi, bairro Santos Dumont, em Pará de Minas, a Polícia Militar (PM) prendeu uma suspeita de 23 anos, por comunicação falsa de um crime de roubo.


Segundo informado, a suspeita acionou a Polícia Militar pelo telefone 190 e narrou aos policiais que na Rua Pequi, bairro Santos Dumont, desceu do veículo de um amigo, com o qual pegou carona, vindo de São José da Varginha e nas proximidades da rotatória da rodovia B352, dois homens passaram em uma motocicleta, momento em que o passageiro puxou sua bolsa, que estava pendurada em seu ombro, contendo documentos e cerca de R$850,00 em dinheiro.

Contudo os militares perceberam que a vítima não soube informar características dos “autores” do suposto furto e que apresentava alguns pontos contraditórios em seus relatos.

Em continuidade as diligências, ao se dirigirem com a vítima para o local dos fatos, para tentarem colher mais dados sobre o crime, esta acabou por confessar aos policiais que não ocorreu o suposto furto.

Ainda segundo relatado pela suspeita, na verdade ela tem uma dívida de mais de setecentos reais, que deveria ser paga nesta data e para ganhar tempo, já que não possui este dinheiro, forjou a história do furto.

Diante dos fatos expostos a suspeita foi presa por falsa comunicação de crime e foi encaminhada à Delegacia de Polícia.

Por fim a PM orienta aos cidadãos que além da pessoa responder na justiça pelo crime de falsa comunicação de crime, estas solicitações de delitos que não ocorreram trazem transtornos ao trabalho policial, podendo prejudicar o atendimento de pessoas que realmente precisam do apoio da Polícia para situações de urgência/emergência, dentre outras demandas.

Foto: Imagem Ilustrativa

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas