Conecte-se conosco

Editorial

Mudanças e estratégias

Avatar

Publicados

em

Em todos os cantos de Minas é inevitável que Nova Serrana seja conhecida como uma cidade impar. A cidade é referencia pelo seu potencial trabalhista, pela sua oferta de cargos e crescimento populacional.

Nova Serrana é a cidade que mais cresce em Minas e isso é imutável, isso é conhecido e falado em todos os cantos do estado. A questão é que a cidade também tem em suas características que são reproduzidas popularmente, pontos pejorativos e esses grudam na imagem da cidade.

A capital do calçado também é conhecida pela falsificação de calçados esportivos, também é conhecida pelos baixos índices de qualidade de vida e infelizmente é conhecida pelos altos índices de criminalidade.

Esse último ponto vem sendo gradativamente modificado, mas infelizmente tirar da mente das pessoas uma imagem pejorativa demanda mais do que boa vontade, demanda apresentação e resultados, demanda mudanças culturais, demanda aplicação e novas estratégias.

Nesse último ponto temos que considerar que muita coisa tem mudado na capital do calçado. Por aqui temos obtido mudanças significativas devido ao serviço de inteligência da Polícia Militar, devido aos esforços da Polícia Civil, devido a atenção e seriedade do trabalho do ministério Público.

Políticos conseguem os recursos, mas não sabem onde instalar as câmeras de vídeo monitoramento. Políticos conseguem os recursos, mas não sabem onde e como as viaturas devem agir para inibir a criminalidade. Político consegue recursos, mas não são manipuladores das leis e processos públicos que garantem a prisão dos criminosos.

O fato é que, em Nova Serrana temos que ressaltar sempre, mesmo sendo uma cidade que ainda carrega índices criminais relevantes para uma cidade de 100 mil habitantes, os esforços, os trabalhos têm sido empenhados de forma estratégica e o resultado é visto em uma redução de 34% no que tange aos roubos.

A polícia tem buscado de forma estratégia mudar esse caminho da criminalidade, tem buscado inibir. Um exemplo claro desse emprenho é a operação inquietação que será realizada semanalmente.

Caros leitores, a Polícia Militar observou os índices criminais, observou os horários de maior incidência de assaltos, observou os corredores de lugares onde acontecem tais crimes com maior frequência e assim tem direcionado seus trabalhos para a inibição.

Assim como uma doença a melhor forma de combater a criminalidade é buscar a prevenção. Remediar, matar bandido e tomar outras ações desse calibre é remedir uma doença que já foi instaurada.

Dessa forma a mudança de estratégia das forças de segurança pública, a aplicação de operações como a Inquietação, funcionam em nossa sociedade como uma vacina, inibindo assim que o vírus se prolifere.

Em um próximo momento, esperamos que outros projetos sejam desenvolvidos para ampliar o trabalho que é feito a exemplo do Proerd e do Bombeiro Mirim e assim possam na raiz do problema possamos incentivar e promover a cidadania e a formação de homens e mulheres de bem.

Para que tais medidas aconteçam, assim como foi firmado novas estratégias pelas unidades de segurança pública, é necessário que o poder público, também trace novas estratégias e assim, a cidade que é conhecida pelo desenvolvimento, pelas falsificações e pela criminalidade, também possa vir a ser conhecida por sua promoção na qualidade de vida.

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas