Conecte-se conosco

Câmara Municipal de Nova Serrana

Movimento LGBT de Nova Serrana usa a tribuna livre pelo fim do preconceito e discriminação

Publicados

em

Durante a 20° Reunião Ordinária da Câmara Municipal, a Tribuna Livre foi utilizada por Natália Rosendo, que levou aos presentes suas considerações abordando a discriminação, o preconceito e todo o trabalho envolto a 7° Parada LGBT/1° in Live.
Natália trouxe ao legislativo, internautas e público presente um discurso que levantou questões e dados sobre a grande luta por respeito e pela garantia de direitos. Natália também falou sobre o projeto de lei que foi elaborado pela Câmara de Nova Serrana, se tornou lei e permitiu a realização das paradas no município.


Conforme apontou Natália, “7ª Parada LGBTQIA+ de Nova Serrana e a 1° Parada na Live não poderia tratar de um tema mais oportuno e urgente neste momento que é salvar vidas.

A vacina, que nos deixará imunizados de um vírus que atingiu o mundo inteiro. Sendo assim então porque não aproveitarmos o momento e vacina-se contra o preconceito?

E quando falamos de preconceito não é só a comunidade LGBT, podemos aborda vários como o racismo, o machismo, a xenofobia a gordofobia entre outros que 15 minutos seriam insuficientes. Vacine-se contra o preconceito, é um ato de amor para si e para com o próximo. “A Vacina salva vidas”, destacou Natália.

Após suas considerações os edis presentes na casa cumprimentaram a participação da tribuna e em suas palavras encorajaram e valorizaram as ações que tem sido tomadas quanto aos direitos e respeito a comunidade LGBTQIA+.

Durante suas considerações a vereadora Tainá SOS Animais (Cidadania), encorajou a tribuna pelo trabalho a favor da causa. “Queria parabenizar a Natália e ao grupo pela coragem de levantar a bandeira e estar trabalhando por uma causa”.

Já Willian Barcelos, reforçou que a participação de Natália na Câmara representa “uma parcela da sociedade que ainda é vitima de muito preconceito, nas palavras dela fica claro que não estão lutando por direito, pois esse já existe, estão lutando por reconhecimento”.

 

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

JORNAL O POPULAR – A NOTÍCIA COM DEVE SER

Mais lidas