Conecte-se conosco

Minas

Minas investiga mais de 200 casos de síndrome inflamatória pediátrica rara associada à covid-19

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Minas Gerais tem 67 casos confirmados de síndrome inflamatória pediátrica, possivelmente provocada pela covid-19. Ao todo, foram notificadas 203 infecções e 89 casos foram descartados. Ainda não há óbitos registrados.


Em relação ao último boletim, são cinco casos a mais notificados e mais três casos confirmados. O total de infecções descartadas permaneceu. Os dados constam no boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) divulgado na terça-feira, 23 de fevereiro.

A notificação pela Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P) se tornou obrigatória desde agosto. De acordo com a SES, as crianças diagnosticadas com SIM-P podem ter insuficiência respiratória de forma grave, além de doença renal aguda e insuficiência cardíaca aguda.

A doença também pode apresentar sintomas semelhantes à síndrome de Kawasaki, como febre, manchas vermelhas na pele, conjuntivite, edema de pés e mãos.

Em Minas, os casos foram registrados entre crianças de 0 a 14 anos. O grupos mais atingido foi o das crianças entre 0 e 4 anos, que representam 56,7% dos casos. A média de idade dos casos confirmados é 4,7 anos.

Os meninos são os mais atingidos pela síndrome (63% dos casos) e a maioria das crianças que apresentaram a doença não tinha comorbidades (86,6%).

Veja o boletim completo aqui.

Veja os municípios de residência das crianças diagnosticadas com a síndrome:

Belo Horizonte – 22
Contagem – 6
Betim – 4
Caldas – 1
Montes Claros – 4
Nova Serrana – 1
Oliveira – 1
Pedro Leopoldo – 1
Santa Luzia – 1
Sete Lagoas – 1
Ubá – 1
São Gotardo – 1
Sarzedo – 1
Uberlândia – 3
Vespasiano – 2

Fonte: Itatiaia
Foto: Pixabay

Mais lidas